CONCERTO DA BANDA SINFÔNICA DA PMERJ EM HOMENAGEM AOS POLICIAIS FALECIDOS

A Banda Sinfônica da  realizará, no dia 02 de novembro, às 12h, no Jardim da Saudade – Sulacap, um concerto em homenagem aos policiais militares falecidos.

 

Fonte: PMERJ

Anúncios

REPÚDIO ÀS DECLARAÇÕES DO MINISTRO DA JUSTIÇA

 

As declarações do Ministro da Justiça, Torquato Jardim, vinculando comandantes de batalhões da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro ao crime organizado, são de uma irresponsabilidade inadmissível e merecem o nosso mais veemente repúdio.

Ao generalizar acusações sem qualquer base comprobatória contra uma instituição bicentenária, as declarações do Ministro Jardim revelam, no mínimo, desrespeito e desprezo ao esforço descomunal empreendido por milhares de policiais militares que, não obstante a dificuldades de toda ordem, não têm medido esforços para defender a sociedade do nosso estado.

Vale lembrar que até a presente data, perdemos 113 companheiros de farda, vítimas de um quadro de violência formado por inúmeras variáveis e sobre o qual a Polícia Militar não pode ser responsabilizada.

Muito pelo contrário, no enfrentamento diário aos criminosos, somente este ano efetuamos mais de 20 mil prisões e apreendemos mais de cinco mil armas de fogo. A grande maioria dessas armas é fabricada em outros países. Fuzis com alto poder ofensivo e pistolas sofisticadas chegam às mãos de criminosos por uma articulação do tráfico internacional de armas, cuja repressão transcende a atuação das forças de segurança estaduais.

Em relação à morte do Coronel Luiz Gustavo Teixeira, citada também nas declarações do Ministro Jardim, cabe esclarecer que o oficial de conduta ilibada estava uniformizado, pois voltava de uma cerimônia de posse em outro batalhão da Corporação. E foi assassinado numa tentativa de assalto, como quase todos os policiais militares, que, ao se depararem com criminosos, não têm outra alternativa senão matar ou morrer. A banalização da vida, revelada nesse crime hediondo, é resultado também de um código penal anacrônico, cuja revisão também não é atribuição da esfera estadual.

Por fim, vale registrar ainda nossa repulsa a denúncias contra uma Corporação que não aceita e pune com todo rigor qualquer desvio de conduta em suas fileiras, como pode ser comprovado pelo trabalho da Corregedoria Interna da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro.

 

Fonte: PMERJ

Policial militar é morto em ataque a tiros na Zona Oeste do Rio

Um policial militar foi morto durante ataque em Campo Grande, na Zona Oeste do Rio, na noite desta terça-feira. O agente, identificado como o cabo Rafael Santa Ana Corrêa, lotado no Grupamento de Policiamento Transportado em Ônibus Urbano (GPTOU), foi atingido por disparos na Rua Aricuri, dentro de uma drogaria.

De acordo com o comandante do 40º BPM (Campo Grande), coronel Antônio Marcos Netto, por volta das 21h40, um carro passou no local realizando disparos contra o agente, que estava de folga. O cabo é 114º policial morto em 2017 no estado do Rio.

 

 

Fonte: Extra

ATUAÇÃO DA PM NA ROCINHA – 31/10

A Polícia Militar vem atuando na Rocinha e em seus desdobramentos desde o dia 18/09. O objetivo da ação é restabelecer a rotina dos moradores e prender os criminosos envolvidos na disputa do tráfico de drogas local.

Nesta fase da operação, 550 policiais atuam na região. A UPP Rocinha e o 23ºBPM (Leblon) continuam realizando o cerco com o apoio de policiais de outras UPPs e dos batalhões. São 15 pontos de cerco e 14 pontos de contenção no interior da comunidade. Policiais das tropas especiais do BOPE (Batalhão de Operações Policiais Especiais), BPChq (Batalhão de Polícia de Choque), BAC (Batalhão de Ações com Cães) e GAM (Grupamento Aeromóvel) – e da UPP realizam o patrulhamento no interior da comunidade. A Autoestrada Lagoa-Barra está sendo patrulhada pelo BPRv (Batalhão de Polícia Rodoviária), pelo Batalhão de Policiamento em Vias Expressas (BPVE) e pelo GEPE (Grupamento Especial de Policiamento em Estádios).

A Corregedoria Itinerante retornou ao Largo da Macumba. O objetivo é reforçar o canal direto entre a população e a Corporação, seja para reclamações de moradores, sugestões e elogios da atuação da Polícia Militar, além de denúncias da ação de criminosos, que serão repassadas as unidades que atuam na área. As informações podem ainda ser repassadas para o WhatsApp da Corregedoria através do número (21) 97598-4593, pelo telefone (21) 2725-9098 ou ainda pelo e-mail denuncia@cintpm.rj.gov.br .

POLICIAIS DISTRIBUEM ROUPAS E BRINQUEDOS PARA CRIANÇAS

A Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP) promoveu nesta terça-feira, 31/10, a entrega de brinquedos e roupas arrecadados na Campanha “Doe um brinquedo, ganhe um sorriso”, para as crianças da Rocinha, em comemoração ao dia das crianças. Reunidos na quadra Roupa Suja, a criançada fez a festa, garantindo o sorriso em retribuição a todos que colaboraram para o sucesso do evento. Cerca de 400 crianças carentes foram presenteadas. Ontem, 30/10, a distribuição aconteceu na comunidade Nova Brasília, no Complexo do Alemão, e no Jacarezinho, zona norte da cidade. Essa campanha contou com o apoio da Secretaria de Estado de Segurança e do Instituto Mudando o Final.

SALDO TOTAL

Saldo operacional da atuação da Polícia Militar desde o dia 18/09 até as 18h30 desta terça, 31/10:

• 55 presos
• 10 menores apreendidos
• 12 criminosos mortos
• 20 fuzis
• 03 submetralhadoras
• 05 espingardas calibre 12
• 32 pistolas
• 04 simulacros de fuzis
• 03 simulacros de pistola
• 42 granadas/ artefatos explosivos
• Mais de duas toneladas de drogas

OUTRAS INFORMAÇÕES RELEVANTES (desde o início das ações):
• 02 policiais feridos
• 01 mulher morta (turista espanhola)
• 05 moradores feridos

 

Fonte: PMERJ

PGR assina acordo com governo federal para combater criminalidade no Rio

Acordo prevê a troca de informações estratégicas entre a Procuradoria-Geral da República e o Ministério da Defesa, além do Ministério da Justiça e do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência da República

 

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, e o ministro da Defesa, Raul Jungmann, assinaram nesta terça-feira o protocolo de intenções para atuar no combate à criminalidade no Rio de Janeiro.

O acordo prevê a troca de informações estratégicas entre a Procuradoria-Geral da República (PGR) e o Ministério da Defesa, além do Ministério da Justiça e do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência da República. Segundo os órgãos envolvidos no trabalho conjunto, as informações poderão ajudar no combate ao tráfico internacional de armas de fogo, tráfico de drogas e à lavagem de dinheiro.

Segundo o ministro da Defesa, a integração pretende resgatar a cidadania da população carioca. “Hoje o crime organizado, que se transnacionalizou, representa um risco à sociedade, às instituições e à democracia. Esse esforço é uma resposta adequada e necessária para fazer frente a todas essas ameaças que hoje rondam nosso país”, disse Jungmann.

Durante a cerimônia, o ministro do GSI, Sérgio Etchegoyen, disse que a cooperação entre os órgãos busca dar efetividade à política nacional de segurança pública. “Acho que abrimos uma via muito importante para conduzir à solução dessa questão. Certamente a resultante do alinhamento desses vetores vai ser percebida pela sociedade, vítima hoje do crime organizado”, afirmou.

Na semana passada, a PGR criou um grupo estratégico para elaborar um diagnóstico sobre a criminalidade no Rio. A equipe é formada por um procurador regional e quatro procuradores da República.

 

Fonte: O Dia

Polícia prende suspeita de matar companheiro a facadas na Cidade de Deus

Corpo foi encontrado em estado de decomposição

 

Evelin Alice de Almeida OliveiraDivulgação

 

Agentes da Delegacia de Homicídios da Capital (DH-Capital) prenderam, na tarde desta terça-feira, Evelin Alice de Almeida de Oliveira, 29 anos. A mulher é suspeita de ter matado o companheiro a facadas na Cidade de Deus, Zona Oeste do Rio.

De acordo com a DH, o corpo da vítima, Élcio Paiva da Silva, de 61 anos, foi encontrado em estado de decomposição, na manhã do dia 20 de setembro deste ano, na comunidade.

 

Fonte: O Dia

Crianças da Rocinha, Nova Brasília e Jacarezinho ganham roupas e brinquedos

Ação foi organizada pela Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP), através da Assessoria de Proximidade

 

Crianças das comunidades Nova Brasília, Jacarezinho e Rocinha receberam roupas e brinquedos que foram arrecadados na Campanha “Doe um brinquedo, ganhe um sorriso”. A ação foi organizada pela Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP), através da Assessoria de Proximidade.

Crianças da Rocinha, Nova Brasília e Jacarezinho ganham roupas e brinquedosDivulgação

 

Nesta terça-feira, a confraternização ocorreu na Favela da Rocinha. Reunidos na quadra Roupa Suja, a criançada fez a festa, garantindo o sorriso em retribuição a todos que colaboraram com doações. Cerca de 400 crianças foram presenteadas.

Já na segunda-feira, a distribuição aconteceu na comunidade Nova Brasília, no Complexo do Alemão, e na favela do Jacarezinho, na Zona Norte. No evento, 450 crianças foram presenteadas com roupas e brinquedos entregues por policiais militares.

Segundo a Major Bianca Neves, ver a satisfação nos olhinhos das crianças ao receberem os brinquedos servem como um incentivo para que mais campanhas sejam realizadas. “A adesão ao nosso projeto provou que, com o apoio de moradores e parceiros, conseguimos minimizar a carência nesses locais”.

A campanha contou com o apoio da Secretaria de Estado de Segurança e do Instituto Mudando o Final.

 

Fonte: O Dia