Prisão de vagabundo de São Gonçalo pode ter sido a causa da morte de PM do Choque

Felipe Charlie da Silva, de 29 anos é suspeito de ser o braço direito do traficante Schumacker, acusado de ser o mandante do assassinato do PMA prisão do braço direito de Schumacker, chefe do tráfico do Jardim Catarina, em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio, na tarde desta quinta-feira, teria sido um dos motivos para a morte do soldado David Lopes Athanasio, de 25 anos, lotado no Batalhão de Choque. Ele foi morto a tiros na noite de quinta, no mesmo bairro. De acordo com o delegado Marcus Amin, da Divisão de Homicídios (DH) de Niterói, Itaboraí e São Gonçalo, Felipe Charlie da Silva, conhecido como Bafo, de 29 anos, é suspeito de tráfico de drogas, além de ocupar cargo de confiança na hierarquia da quadrilha de Schumacker.

 

Schumacker, chefe do tráfico no Jardim Catarina, é acusado de ser o mandante do crime
Schumacker, chefe do tráfico no Jardim Catarina, é acusado de ser o mandante do crime Foto: Divulgação

 

Felipe foi preso dentro de casa, antes da execução de David, por agentes da DH no bairro da Lagoinha, também em São Gonçalo. Depois da prisão dele, a polícia teve a informação de que Schumacker teria ordenado que todos os PMs que moram no Jardim Catarina fossem embora. Caso contrário, morreriam. A polícia acredita que a morte do soldado tem ligação com esae fato.

– Quem deve sair daquele bairro é o tráfico de drogas. Nós estamos trabalhando no reconhecimento dos autores, dos assassinos deste policial. E vamos prender os outros autores assim como prendemos o Felipe – afirmou o delegado Marcus Amin.

 

Carro do soldado David Lopes foi atingido por 30 tiros na noite desta quinta-feira
Carro do soldado David Lopes foi atingido por 30 tiros na noite desta quinta-feira Foto: Fernando Quevedo / Agência O Globo

 

Felipe já tinha um mandado de prisão expedido pela 4ª Vara Criminal de São Gonçalo por um duplo homicídio e uma tentativa de homicídio no dia 24 de março deste ano em um bar no Jardim Catarina. As vítimas fatais foram Mário Silipe Nascimento, de 18 anos, e Weslen Pereira da Silva, 18 anos, ambos com passagem pelo tráfico de drogas. A vítima que sobreviveu (sem nome divulgado), de 19 anos, foi quem reconheceu Felipe como autor dos disparos deste crime ocorrido no início do ano. Mas o suspeito alega inocência.

– Sou inocente, sou trabalhador. Sou estofador. Esta é a segunda vez que me acusam de homicídio. A primeira vez foi em 2011. Respondo este processo em liberdade. Agora, vou ter que provar de novo que sou inocente – afirmou Felipe, que responde o processo em liberdade, já que ele ainda não começou a ser julgado.

 

Soldado David era lotado no Batalhão de Choque e sonhava entrar para o BOPE
Soldado David era lotado no Batalhão de Choque e sonhava entrar para o BOPE Foto: Reprodução

 

Lotado no Batalhão de Choque, o soldado David morreu na noite desta quinta depois que seu carro foi perfurado por 30 tiros, seis deles atingiram o PM. Segundo a Polícia Civil, o sonho de David era entrar para o Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE). Ele já estaria se preparando para entrar no grupo de elite. A Polícia Civil também informou que está analisando imagens de câmeras de segurança do local do crime e que testemunhas oculares estão ajudando na identificação dos assassinos.

Extra

Grande Rio virou ‘abatedouro’ de PMs….

O policial militar aposentado Alexandro Oliveira foi morto numa tentativa de assalto, nesta sexta, por volta das 11h30m, na Rua Nestor, no bairro Santa Elias, em Mesquita. Segundo policiais do 20º BPM (Mesquita), bandidos tentavam roubar o carro do PM quando viram que ele estava armado.

Alexandro foi baleado e levado para a UPA do município, mas não resistiu aos ferimentos.

Extra

NR: A família e amigos, nossos pêsames

Deu mole? Os guerreiros do 8º BPM vão lá conferir

2Aproximadamente 3,5 quilos de maconha, divididos em tabletes, foram apreendidos por militares do Grupamento de Ações Táticas (GAT I) na tarde desta quinta-feira (26/06) na Avenida Francisco Lamego, nas proximidades da Ponte da Lapa, no Jardim Carioca, subdistrito de Guarus, em Campos. O entorpecente estava escondido em uma mochila encontrada no interior de um carro, modelo Astra, de cor azul marinho, com placa de Vila Velha, no Espírito Santo. No veículo estavam o motorista S.P.J., de 44 anos, e o carona D.O.S., 30 anos, que foram detidos.  De acordo com os militares, que faziam patrulhamento de rotina e desconfiaram da atitude dos ocupantes do veículo, os suspeitos têm passagem pela polícia por tráfico de drogas e são moradores dos bairros Pecuária e Eldorado.  Os suspeitos e o material apreendido foram levados para 146ª Delegacia Legal de Guarus. O prejuízo estimado ao tráfico de drogas foi de R$ 4 mil.    Ururau

Deu mole? Os guerreiros do 8º BPM vão lá conferir

Suspeitos estavam em um carro e foram abordados no Jardim Carioca Aproximadamente 3,5 quilos de maconha, divididos em tabletes, foram apreendidos por militares do Grupamento de Ações Táticas (GAT I) na tarde desta quinta-feira (26/06) na Avenida Francisco Lamego, nas proximidades da Ponte da Lapa, no Jardim Carioca, subdistrito de Guarus, em Campos.

O entorpecente estava escondido em uma mochila encontrada no interior de um carro, modelo Astra, de cor azul marinho, com placa de Vila Velha, no Espírito Santo. No veículo estavam o motorista S.P.J., de 44 anos, e o carona D.O.S., 30 anos, que foram detidos. 

De acordo com os militares, que faziam patrulhamento de rotina e desconfiaram da atitude dos ocupantes do veículo, os suspeitos têm passagem pela polícia por tráfico de drogas e são moradores dos bairros Pecuária e Eldorado. 

Os suspeitos e o material apreendido foram levados para 146ª Delegacia Legal de Guarus. O prejuízo estimado ao tráfico de drogas foi de R$ 4 mil. 

 

Ururau

Guerreiro do GTM do BPChoque é executado por traficantes em São Gonçalo por ser duro no combate ao crime

Ele chegava em sua residência quando foi surpreendido por traficantes do local

ROBERTA TRINDADE

Rio – Lotado no Grupamento Tático Móvel (GTM) do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque), o soldado Dayvid Lopes Atanásio, 25 anos, morreu após sofrer emboscada na porta de sua casa, no bairro Jardim Catarina, em São Gonçalo, na noite desta quinta-feira, dia 26 de junho. O PM chegava em casa, na Avenida Padre Vieira – entre as ruas 29 e 80 -, no Catarina Novo, quando foi surpreendido pelos traficantes do local.

Soldado Dayvid Lopes Athanázio

Foto:  Reprodução

Há pouco mais de dois anos na corporação, o soldado sequer teve tempo de reagir. Os bandidos fugiram levando a arma dele. O policial ainda foi socorrido por um tio e levado para o Hospital Estadual Alberto Torres – mais conhecido como Hospital Geral de São Gonçalo -, no Colubandê, mas não resistiu. Ele estava há dois meses no GTM, após trabalhar na Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da Rocinha, e completaria três anos na corporação.

Apontado pela Polícia como integrante da facção criminosa Comando Vermelho (CV) e chefe do tráfico na região, Schumaker Antonácio do Rosário, o Schumacher, 30 anos, tem ameaçado matar todos os policiais que moram no local. Horas antes da execução do soldado Atanásio, um grupo de criminosos chegou a cercar a residência de um subtenente lotado no 7º BPM (São Gonçalo) que mora na localidade conhecida como Ipuca.

O PM conseguiu ligar para o batalhão e pedir auxílio. Várias viaturas foram deslocadas com brevidade para o endereço e conseguiram chegar a tempo de resgatar o policial. Os traficantes fugiram.

Condenado a mais de 29 anos de cadeia por homicídio e assalto a mão armada, Schumacher foi preso em agosto de 2003. Em outubro de 2013 ele recebeu o benefício de cumprir o restante de sua pena no regime semi-aberto e não voltou para a prisão. O grupo dele, intitulado “Bonde do Schumacher”, é acusado não somente de tráfico de drogas, mas também de cometer assaltos e diversos homicídios na região.

Qualquer informação que auxilie a Polícia na localização e prisão do bandido e seus comparsas pode ser repassada para o Disque-Denúncia através do número 2253-1177. Não é preciso se identificar e o anonimato é garantido.

Em seis meses, 139 policiais já foram baleados no Estado do Rio. Destes, 36 morreram. Do total, quatro eram policiais civis – sendo um aposentado – e 135 eram PMs – sendo que cinco eram reformados, um era recruta e um era oficial. Do total de policiais na ativa, 46 estavam de folga e 87 estavam de serviço.

 

O Dia

 

NR: A família, amigos e colegas de Unidae nossa solidariedade e o mais profundo pesar.

Guerreiros do BPVE apreendem 100 kg de maconha em Acari

Policiais militares  do Batalhão de Policiamento em Vias Especiais (BPVE) apreenderam aproximadamente 100 kg de maconha na manhã desta quarta-feira (25/06), em um dos acessos a comunidade de Acari, na Zona Norte do Rio. Também foi apreendido material para endolação.

Policiais do BPVE apreenderam cerca de 100 kg de maconha e material para endolação

Foto:  Divulgação

A ocorrência foi conduzida à Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), na Cidade da Polícia.

O Dia

 

Guerreiros da UPP Batan são ‘o bicho’!

Durante um patrulhamento de rotina na estrada do Engenho Novo,  por volta das 08:30h o setor “A” de radio patrulha da UPP Batan, comandada pela Cap Joyce, foi acionado por populares de que a poucos instantes e a metros dali , havia ocorrido um furto no interior do coletivo que faz a linha 395 (Coqueiro via Caju) em sentido Centro, e o acusado teria desembarcado do mesmo.

Os policiais militares procederam ao local do suposto fato e identificaram a sra Luana Kely Gomes, de 30 anos , que estava sendo atendida por funcionários da Clinica da família, devido seu estado psicológico.

Após colher os dados e características do suposto acusado pela vítima, os policias identificaram logo após o fato na rua Aboará no interior do Jardim Batan o sr Robert Gomes da Silva de 36 anos, e que em sua posse estava alguns docs e o iPhone da vítima.

Conduzido a prestar esclarecimentos, o acusado foi reconhecido de imediato pela vitima como sendo autor do fato e seu devido aparelho iPhone.

Fato conduzido a 33DP onde o mesmo foi autuado em flagrante e lavrado o R.O 033-05520/14. E que o mesmo já possui antecedentes criminais também por Roubo e Furto.

(imagens ilustrativas)