Guarda Municipal atuará na coerção de pequenos delitos

Este Réveillon será o primeiro em que a GM vai atuar coibindo os crimes, no apoio aos órgãos de Segurança Pública

 

Este Réveillon será o primeiro em que a Guarda Municipal do Rio (GM) vai atuar na coerção a pequenos delitos, no apoio aos órgãos de Segurança Pública. Só em Copacabana o efetivo contará com 1.032 guardas, que também vão agir nas ações de ordenamento urbano e na fiscalização do trânsito. O planejamento operacional prevê ainda 335 guardas em outros pontos nas zonas Sul, Norte e Oeste. A novidade só aconteceu graças à Lei Complementar (176/2017) do vereador Marcello Siciliano (PHS), que institui o patrulhamento urbano pela GM, dando apoio à segurança pública. De acordo com a lei, a partir de agora, a Guarda Municipal tem o poder de polícia e pode coibir pequenos roubos, intervir em brigas, entre outras ocorrências.

 

Fonte: O Dia

Anúncios

Integrante do tráfico do Morro da Mangueira é preso na Zona Norte

Ele costumava praticar assaltos a estabelecimentos comerciais. Suspeito foi preso dentro do Norte Shopping após ser identificado e localizado pelos policiais

 

Foi preso, na tarde deste sábado, no Norte Shopping, em Cachambi, na Zona Norte do Rio, um suspeito de praticar assaltos a estabelecimentos comerciais. O homem foi identificado como Rodrigo Marques Pereira de Souza e é integrante do tráfico do Morro da Mangueira.

Suspeito de cometer assaltos a estabelecimentos comerciais foi preso, na Zona Norte do Rio, na tarde deste sábadoDivulgação

A Delegacia de Roubos e Furtos de cargas, em ação conjunta com policiais da UPP Mangueira, Zona Norte do Rio, conseguiram identificar e localizar o suspeito. Ele foi preso no interior do Norte Shopping.

Os agentes conseguiram confirmar outros crimes cometidos por Rodrigo, após a sua prisão, todos contra estabelecimentos comerciais e até latrocínio. O suspeito foi identificado em imagens de câmeras de segurança.

Rodrigo já possuiu um mandado de prisão preventiva expedido pela vara criminal de Queimados, região Metropolitana do Rio, por roubo praticado na loja Casas Bahia, em Queimados.

 

Fonte: O Dia

Cariocas falam o que esperam em 2018 na Segurança, Educação, Transporte e Saúde

 

Para a Segurança, mais policiamento nas ruas é o que pedem os especialistas

O desejo da mãe do estudante Eduardo Henrique Carvalho, de 10 anos, morto por bala perdida próximo ao Morro do Juramento quando foi comprar sacolé, no início de dezembro, é um eco da voz de todos os cariocas: “Se tivesse segurança, meu filho não teria falecido. Ele se foi e os covardes estão aí tirando mais vidas. É de segurança que a gente precisa”, suplica Ana Paula Carvalho, 35.

Vizinhos da região, que ficaram encurralados muitas vezes no ano durante confrontos na favela, reforçam o pedido. “Espero uma política de segurança séria, com condições de trabalho para os policiais e mais policiais nas ruas. Tem que ter prevenção, e não esperar os confrontos para depois subir o morro atirando e matando”, ressalta a comerciante Rosângela Oliveira, 54, que almeja ainda endurecimento das leis. “Prendem hoje e soltam amanhã. É só gasto com pessoal e combustível”, completa.

O delegado federal aposentado Antônio Rayol espera que o governo estadual admita que as UPPs foram um erro e elimine o programa. “O patrulhamento deve ser como em qualquer cidade no mundo. A polícia tem que entrar em qualquer lugar, tem que circular. Ao estabelecer base fixa, consome-se parte do efetivo para tomar conta só daquele ponto. E base fixa só existe para o bandido saber onde a polícia está”, afirma. Aumentar e treinar melhor o efetivo da PM e combater a corrupção na polícia são outras medidas consideradas urgentes na avaliação do especialista.

“Se os R$ 42,2 milhões gastos com as Forças Armadas na Segurança do Rio tivessem sido aplicadas nas polícias, os resultados seriam melhores. Querem um Rio um pouco menos inseguro em 2018? Apliquem esses recursos nas polícias”, destaca o coronel Mário Sergio Duarte, ex-comandante geral da PM e ex-comandante do Bope.

O secretário de Segurança Pública, Roberto Sá, aponta suas perspectivas para 2018: “Em razão do equilíbrio fiscal, que o estado invista em segurança pública para que as polícias possam atuar de forma mais qualificada e efetiva”. Com o investimento, seu desejo é “implantar novos projetos que possibilitem a redução e controle da criminalidade, aumentando a sensação de segurança.”

 

Fonte: O Dia

RAS, Proeis e metas da Segurança podem ser quitados em janeiro, diz Pezão

Foto: Domingos Peixoto / Agência O Globo

A respeito do pagamento do Regime Adicional de Serviço, do Proeis e das metas alcançadas devidas pelo Estado, o governador Luiz Fernando Pezão informou que os servidores das policiais civil e militar, e os agentes penitenciários, serão beneficiados pela aplicação do novo Fundo de Investimentos e Ações de Segurança Pública, aprovado no início de dezembro, pela Assembleia Legislativa.

— Janeiro nós vamos acertar. Vamos ter o fundo de Segurança que vai permitir que a gente pague em dia as gratificações a manutenção de frota para o futuro — disse o governador.

O fundo determina que sejam compostos por 5% dos royalties e participações especiais do pré-sal, além de doações de entidades públicas ou privadas.

Fonte: Extra

Réveillon de Niterói contará com cerca de mil agentes de segurança na orla

Réveillon da Paz em Niterói contará com cerca de mil agentes de Segurança e 18 minutos de queima de fogos. A banda Skank será a atração da noite.


Praia de Icaraí, em Niterói (Foto: Vinicius Corrêa Ferreira/VC no G1)

Praia de Icaraí, em Niterói (Foto: Vinicius Corrêa Ferreira/VC no G1)

 

A festa da virada na Praia de Icaraí, em Niterói, na Região Metropolitana do Rio, vai contar com queima de fogos, que deve chegar a 18 minutos, além de shows de artistas niteroienses e da banda Skank. Cerca de mil agentes de Segurança Pública irão trabalhar no réveillon na praia de Icaraí, Zona Sul de Niterói. De acordo com a prefeitura, os agentes estarão distribuídos pela orla e em pontos estratégicos do bairro.

O show pirotécnico vai durar 18 minutos, três a mais do que em 2016. Os fogos prometem surpreender o público com um majestoso arco íris no céu de Icaraí, além de candelas romanas, coqueiros, estrelas e corações. Serão detonadas cerca de 11 mil bombas, em cinco balsas na Baía da Guanabara, distantes a 500 metros da área de arrebentação, de acordo com as normas de segurança da Capitania dos Portos.

Aproximadamente 3 mil pessoas vão trabalhar na montagem de toda a logística da festa, que tem expectativa de público de mais de 500 mil pessoas. Para a festa, o 12º Batalhão vai designar 500 policiais militares e a Guarda Municipal completará o efetivo.

Dez foodtrucks distribuídos ao longo da calçada vão atender a população. Serão cinco pontos, com dois veículos em cada: Rua General Pereira da Silva, Rua Presidente Backer, Rua Otávio Carneiro, Rua Belisário Augusto e Rua Oswaldo Cruz. Seis telões vão ser instalados na orla e o público poderá assistir aos shows, os fogos e acompanhar a contagem da virada.

A NitTrans divulgou as mudanças no trânsito do município. O tráfego de veículos será interditado na Avenida Jornalista Alberto Francisco Torres (Praia de Icaraí), entre as ruas Álvares de Azevedo e Oswaldo Cruz, das 18h do dia 31 às 6h do dia 1º. Das 6h às 11h este trecho estará interditado para limpeza pública.

Fonte: G1

Polícia recupera caminhão de gás em São Gonçalo

Dois suspeitos foram presos na ação

 

Policiais do 7º BPM (São Gonçalo) recuperaram um caminhão de gás na tarde deste sábado, em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio. Segundo a Polícia Militar, policiais que estavam de patrulha em uma região conhecida como Lodial avistaram dois suspeitos armados em posse do veículo, que havia acabdo de ser roubado.

Caminhão de gás recuperado pela polícia, em São GonçaloDivulgação Polícia Militar

Segundo a PM, ao tentar da voz de prisão aos suspeitos, os policiais entraram em confronto com os criminosos. Um dos bandidos foi baleado durante o tiroteio, sendo preso logo em seguida junto de seu comparsa.

Ainda de acordo com a PM, toda a carga do caminhão foi recuperada de maneira intacta. Junto dos suspeitos também foram apreendidos duas pistolas. A ocorrência foi registrada na 59ª (Duque de Caxias).

 

Fonte: O Dia

Dois suspeitos morrem após tiroteio em perseguição na BR-040

Dois suspeitos morreram após troca de tiros com policiais rodoviários federais na BR-040, por volta das 14h deste sábado. De acordo com a PRF, os agentes perseguiam um Nissan Sentra, com registo de roubo na última quinta-feira, na altura do km 112, em Duque de Caxias.

Ao perceberem que estavam sendo seguidos, os criminosos atiraram. Os policiais reagiram. Dois morreram na hora e outros três ficaram feridos. Eles foram socorridos no Hospital estadual Adão Pereira Nunes, em Duque de Caxias.

 

Fonte: Extra