Rodovias estaduais do Rio terão blitzes da Lei Seca após o carnaval

Agentes fazem blitz da Operação Lei Seca (Arquivo)
Agentes fazem blitz da Operação Lei Seca (Arquivo) Foto: Marcio Alves / Agência O Globo

As rodovias estaduais do Rio de Janeiro vão passar a contar, a partir de março deste ano, com blitzes de fiscalização da Operação Lei Seca. A ideia, segundo o DER, é que as ações aconteçam em vias que registrem os maiores índices de acidente. Segundo o presidente do Departamento de Estradas de Rodagem do Rio de Janeiro (DER), Uruan Cintra de Andrade, as operações são importantes para proteger vidas:

— A fiscalização é fundamental para reduzir o número de acidentes nas rodovias estaduais. A Operação Lei Seca já vem gerando mudanças no comportamento da sociedade, que tem consciência que a combinação de álcool com direção é fatal.

A Lei Seca estabelece atualmente que qualquer quantidade de álcool registrada no bafômetro sujeite o motorista à infração gravíssima, no valor de R$ 2.934,70. Essa iniciativa é fruto de uma parceria entre o Departamento de Estradas de Rodagem e a Secretaria de Estado de Governo e Relações Institucionais (Segov RI). O convênio é parte da meta dos 100 dias definida pelo secretário de Governo, Gutemberg Fonseca.

Entre as rodoviais estaduais no Rio, destacam-se a RJ-101, que liga o Centro de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, à rodovia federal BR-040, e também a RJ-104, que sai de Niterói, Região Metropolitana do Rio, atravessa diversos bairros do município de São Gonçalo e chega até o Trevo de Manilha, na cidade de Itaboraí.

Segundo a coordenadora da Lei Seca, delegada Verônica Oliveira, o convênio garante a atuação da operação nas estradas, assim como já acontece nas ruas e avenidas das cidades. Além disso, a parceria também vai possibilitar a ampliação da ação da Barreira Fiscal, que passará a atuar com equipes volantes nas rodovias estaduais.

Em janeiro, a Lei Seca fez outra parceria, dessa vez com a Capitania dos Portos, que permitiu mais uma ação inédita: as operações marítimas para prevenir acidentes no mar causados pela mistura de bebida e direção. Agentes de educação vão atuar com a equipe de inspeção naval dentro de lanchas, percorrendo áreas com grande fluxo de embarcações. Serão distribuídos material educativo e de conscientização.

 

Fonte: Extra

Segurança Presente: Baixada Fluminense está na pauta da ampliação

Secretário do Governo, Guttemberg Fonseca fala sobre a reformulação do programa
Secretário do Governo, Guttemberg Fonseca fala sobre a reformulação do programa Foto: Brenno Carvalho / Agência O Globo

O programa Sociedade Segura será levado também à Baixada Fluminense. De acordo com o secretário estadual de Governo, Gutemberg Fonseca, já estão sendo realizadas no Palácio Guanabara reuniões com integrantes do Executivo de Nova Iguaçu, Queimados e Duque de Caxias.

A iniciativa pode ser implantada nos moldes do programa Niterói Presente, que é custeado pela prefeitura da cidade e organizado pela Secretaria estadual de Governo.

Sobre as vias expressas, Fonseca explicou que elas serão patrulhadas com agentes de motocicleta, de forma a evitar o trânsito nos horários de rush.

O desempenho das equipes será avaliado pelo governo e monitorado pela população. Para isso, está prevista a criação de um site que será atualizado com todos os indicadores do programa que funcionará 24h. Pela plataforma, qualquer pessoa poderá checar o total de apreensões, prisões e até mesmo as ações de assistência social. Também serão disponibilizadas informações sobre custos e investimentos do programa.

 

Fonte: Extra

Chinês é baleado em tentativa de assalto em São Gonçalo

Vítima estava dirigindo pela BR-101, quando foi abordado pelos bandidos

 

Chinês Chow Gai Fung foi baleado na BR-101, em São Gonçalo

Chinês Chow Gai Fung foi baleado na BR-101, em São Gonçalo – Reprodução

 

Uma homem de nacionalidade chinesa foi baleado, na noite desta terça-feira, durante uma tentativa de assalto na BR-101, na altura de São Gonçalo, na Região Metropolitana do estado. A vítima, de 50 anos, foi identificada como Chow Gai Fung, que seria empresário e estava dirigindo um Toyota Hilux, por volta das 21h, quando foi abordado pelos bandidos.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), Chow reagiu à tentativa de assalto e foi baleado. Ele foi socorrido no Hospital Estadual Alberto Torres (HEAT). Segundo a direção do hospital, ele recebeu alta no mesmo dia.

Em 2017, Chow recebeu o título de cidadania Iguaçuana da Câmara Municipal de Nova Iguaçu, a Baixada Fluminense.

 

Fonte: O Dia

Polícia Civil faz operação no Camelódromo da Uruguaiana

Em dezenas de boxes os investigadores encontraram matérias falsificados. Produtos encontrados estão avaliados em mais de R$ 1 milhão

 

Policiais da Delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Propriedade Imaterial (DRCPIM) fizeram nesta terça-feira uma operação no Centro de Comércio Popular da Uruguaiana, no Centro do Rio, e apreenderam uma tonelada de material falsificado que estavam sendo vendidas livremente. Os produtos estavam em diversos boxes do camelódromo e estão avaliados em mais de R$ 1 milhão de reais.

De acordo com o delegado-titular da DRCPIM, Maurício Demetrio, o local foi mapeado após diversas denúncias de que comerciantes estariam vendendo produtos falsificados no local. “Essas operações serão rotineiras a partir de agora”, afirmou Demétrio.

Durante a ação, nove pessoas foram detidas e conduzidas à especializada, no Jacarezinho, para prestarem depoimentos. Todas elas foram indiciadas e responderão por crime de venda de mercadoria falsificada. As penas vão de um ano a três de prisão. Os produtos serão periciados e serão destruídos.

 

Fonte: O Dia

Homens armados trocam tiros com policiais e assustam moradores da Ilha

Eles estavam dentro de um carro que foi apreendido pela polícia junto com um fuzil. Um dos suspeitos foi preso e os demais fugiram. Na Praia da Rosa, outros sete homens foram presos

 

O carro usado pelos suspeitos e um fuzil foram apreendidos pelo 17ºBPM

O carro usado pelos suspeitos e um fuzil foram apreendidos pelo 17ºBPM – Reprodução

 

Pelo menos quatro homens armados dentro de um carro trocaram tiros com policiais militares na madrugada desta quarta-feira, na Ilha do Governador, Zona Norte do Rio. De acordo com o 17ºBPM (Ilha do Governador), por volta das 5h50, policiais tentaram abordar um carro, mas os ocupantes atiraram e houve confronto na rua Jaime Perdigão, no bairro Jardim Carioca. Um dos suspeitos foi preso e os demais fugiram. O carro usado na ação e um fuzil foram apreendidos.

Ainda segundo o 17ºBPM, sete homens foram presos pela CPAM (Comando de Polícia Ambiental), nesta manhã, durante um cerco nos limites entre a Ilha e a Baía de Guanabara. Os acusados estavam dentro de um barco, na Praia da Rosa, no Parque Royal. Com eles, foram apreendidos dois fuzis, carregadores com munições e outros materiais.

Homens armados trocam tiros com policiais na Ilha do Governador – Reprodução

Até o momento, não há registro de feridos, mas os disparos atingiram residências próximas à Gruta da Ilha,  e assustaram moradores.

Residências do local foram atingidas pelos disparos – Reprodução

Lívia, moradora da área, presenciou a perseguição aos bandidos na rua Jaime Perdigão e afirmou que os tiros eram muito fortes. Ela estava na academia e precisou voltar para casa, após policiais orientarem os funcionários a fecharem o estabelecimento.

“Eu estava com muito medo, nunca tinha escutado uma coisa assim na minha vida. Foram muitos tiros!”

Residências do local foram atingidas pelos disparos – Reprodução

Operação no Morro do Dendê

Policiais militares do 17ºBPM, do Comando de Polícia Ambiental (CPAm) e das unidades subordinadas ao Comando de Operações Especiais (COE) – Batalhão de Ação com Cães (BAC), Batalhão de Polícia de Choque (BPChq), Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) e Grupamento Aeromóvel (GAM) atuam na comunidade desde a manhã desta quarta-feira, para coibir o tráfico de drogas na região. A ação foi planejada pela Coordenadoria de Inteligência da Secretaria de Estado de Polícia Militar e pela Polícia Federal.

Até o momento, policiais do Batalhão de Ações com Cães (BAC) apreenderam cerca de 30 quilos de drogas.  Ao todo dez pessoas foram presas durante a operação, que está em andamento. Três fuzis, munições e carregamentos também foram apreendidos.

Sete homens são presos pelo CPAM (Comando de Polícia Ambiental), ao tentarem fugir de operação no Morro do Dendê. Eles estavam dentro de barco, na Praia da Rosa. – Reprodução

No entorno, a Polícia Militar realiza operações para conter suspeitos em fuga. De acordo com informações, é possível que os dois casos atendidos pela PM tenham relação com o tráfico no Dendê.

As ocorrências serão encaminhadas para o Departamento de Polícia Federal, na Praça Mauá.

 

Fonte: O Dia

Mulher oferece R$ 3 mil após prisão de criminosos na favela Vila Ipiranga, no Fonseca

Segundo a Polícia Militar, a ação teve início após criminosos atirarem contra PMs que patrulhavam a Alameda São Boa Ventura e houve confronto. Em seguida foi feita uma varredura na comunidade, onde outros cinco foram presos e mulher fez ‘oferta’

 

Mulher ofereceu R$ 3 mil para soltar presos na Vila Ipiranga, no Fonseca

Mulher ofereceu R$ 3 mil para soltar presos na Vila Ipiranga, no Fonseca – Divulgação

 

Policiais militares do 12° BPM (Niterói) prenderam sete pessoas e apreenderam duas pistolas, drogas e um rádio comunicador na comunidade Vila Ipiranga, no Fonseca, em Niterói, na madrugada desta quarta-feira. Uma mulher que tentou subornar com R$ 3 mil os PMs para soltarem os suspeitos também acabou presa.

De acordo com a Polícia Militar, a ação teve início após criminosos atirarem contra PMs que patrulhavam a Alameda São Boa Ventura e houve confronto. Um dos bandidos foi ferido e socorrido para o Hospital Estadual Azevedo Lima. Não há informação com o estado de saúde dele. Segundo a corporação, com ele os agentes apreenderam uma arma.

Depois do confronto, os militares realizaram uma ação de varredura no interior da comunidade e conseguiram prender outros cinco criminosos e apreender uma pistola, um rádio comunicador e drogas. Quando os policiais conduziam os detidos à delegacia, uma mulher se aproximou e ofereceu R$ 3.000,00 para liberar o grupo, de acordo com a PM. Ela também foi detida e conduzida para a 78ª DP (Fonseca), onde o caso foi registrado.

 

Fonte: O Dia

Tiroteio causa pânico em Ipanema e acaba com prisão de gerente do tráfico no Cantagalo

Luciano Lima de Souza, de 31 anos, o Imperador, foi preso por policiais da 14ª DP (Leblon) e é apontado como um autores do ataque a policiais no elevador que dá acesso à comunidade da Zona Sul do Rio e que deixou PM baleado

 

Rua Barão da Torre com Teixeira de Melo, perto de acesso ao Morro do Cantagalo e onde ocorreu tiroteio que causou pânico em Ipanema

Rua Barão da Torre com Teixeira de Melo, perto de acesso ao Morro do Cantagalo e onde ocorreu tiroteio que causou pânico em Ipanema – Reprodução Google Maps

 

Um tiroteio envolvendo policiais civis da 14ª DP (Leblon) e criminosos provocou pânico na Rua Teixeira de Melo, em Ipanema, bairro da Zona Sul do Rio, na manhã desta quarta-feira. A ação acabou com a prisão de Luciano Lima de Souza, de 31 anos, o Imperador, apontado gerente do tráfico e segundo na hierarquia do crime que atua nas favelas Pavão-Pavãozinho e Cantagalo.

De acordo com a Polícia Civil, quando foi efetuada a prisão, comparsas criminosos atiraram contra a equipe. Um policial militar que passava pelo local deu apoio aos agentes da distrital. Militares do 23º BPM (Leblon), que patrulhavam na região, também ajudaram na ocorrência após o ataque.

Segundo o delegado Antenor Lopes Martins, titular da 14ª DP, Imperador está envolvido no ataque a um policial militar da UPP no dia 12 de fevereiro, em um dos acessos ao Cantagalo na Rua Teixeira de Melo, e vinha sendo investigado pela unidade.

 

Fonte: O Dia