Câmeras registram invasão a depósito das Lojas Americanas em Queimados, na Baixada Fluminense

Câmera registra assalto a centro de distribuição das Lojas Americanas na Baixada
G1 RJ
Câmera registra assalto a centro de distribuição das Lojas Americanas na Baixada

Câmera registra assalto a centro de distribuição das Lojas Americanas na Baixada

Câmeras de segurança registraram o momento em que criminosos armados invadiram, em agosto do ano passado, o depósito de distribuição das Lojas Americanas em Queimados, na Baixada Fluminense. Um dos suspeitos de participar do assalto foi preso na segunda-feira (28).

Davi Vargas de Freitas Gralato foi detido por agentes da 58º DP (Posse) próximo ao centro do mesmo bairro em que fica a delegacia. A investigação aponta que o homem e outros suspeitos invadiram a empresa e roubaram vários aparelhos celulares.

O inquérito, no entanto, revela mais sobre a relação de Davi Gralato e outros suspeitos de envolvimento no crime. O homem, segundo a investigação, era operador de estoque das Lojas Americanas e teria fornecido informações privilegiadas a bandidos da Favela Nova Holanda, na Penha, que também teriam participado da invasão.

Por volta das 3h30 do dia 27 de agosto de 2018, a polícia afirma que Davi e um grupo de aproximadamente 30 criminosos entraram no depósito das Lojas Americanas em cinco carros, três vans e um caminhão. Na época, os bandidos conseguiram levar R$ 12 mil em celulares.

Dois meses antes, em outra invasão, criminosos roubaram R$ 12 milhões em celulares. A polícia suspeita que o ataque tenha sido cometido pelos mesmos bandidos.

Fonte: G1

Família que relatou preconceito em pousada tem apoio nacional

Associação Brasileira da Indústria de Hotéis lamentou o episódio

 

Professor universitário, Marco Antônio alega ter sofrido preconceito com a mulher, Zeni; a filha, Priscila, e Thiago

Professor universitário, Marco Antônio alega ter sofrido preconceito com a mulher, Zeni; a filha, Priscila, e Thiago – Divulgação

 

Gestos de solidariedade foram recebidos durante todo o dia desta terça pela família do professor universitário e doutor em Filosofia e Teologia, Marco Antônio de Oliveira, de 53 anos, que registrou queixa na 166ª DP contra supostos crimes de racismo, preconceito, furto (de R$ 40), constrangimento ilegal e maus-tratos, por parte do arrendatário da Pousada Canto do Hibisco, na Ilha Grande, em Angra, Henrique de Santana.

O empresário, que postou ofensas na internet — como “…aqui nunca foi pra pobres, feios, e miseráveis” —, nega as acusações e também registrou o caso na polícia, se dizendo vítima.

“Nos sentimos abraçados, reconfortados. Até do exterior nos enviaram mensagens”, declarou Priscila de Oliveira, 28, filha de Marco, que se hospedou na Hibisco com os pais e o namorado, Thiago, entre os dias 23 e 25. Só ontem, ela recebeu ofertas de estadias gratuitas de pelo menos dez pousadas pelo país.

Em nota, a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis lamentou o episódio. “A ABIH-RJ não aprova qualquer tipo de preconceito”.

 

Fonte: O Dia

Mais de 10 bandidos são presos após roubo a depósito e intensa troca de tiros na Dutra

Criminosos estavam com armamento pesado e entraram em confronto com agentes da PRF e da PM

 

Doze pessoas foram presas na ação

Doze pessoas foram presas na ação – Reprodução / Internet

 

Uma quadrilha de assaltantes foi presa, na noite desta terça-feira, após uma intensa troca de tiros na Rodovia Presidente Dutra (BR-116), na altura de Belford Roxo, na Baixada Fluminense. Os bandidos tinham acabado de roubar o depósito da Casa & Vídeo em Queimados e estavam com armamento pesado. Eles foram flagrados, por volta das 21h, por agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e da Polícia Militar quando tentavam escapar.

De acordo com a PRF, policiais rodoviários da 1ª Delegacia (Duque de Caxias) faziam patrulhamento na rodovia e desconfiaram de um comboio de veículos que seguia um caminhão. Os agentes haviam recebido uma denúncia de um roubo em andamento num depósito na região. Em conjunto com PMs do 20º BPM (Mesquita), as equipes se aproximaram dos suspeitos e deram ordem de parada. Eles negaram, iniciando um intenso tiroteio.

Após o confronto, foram presos 12 criminosos, apreendidos três fuzis, seis pistolas, diversos carregadores, munições, colete balístico de cerâmica – capaz de suportar tiros de fuzil – e radiotransmissores. Um dos bandidos foi baleado na troca de tiros.

Nenhum policial ficou ferido na ação. Alguns integrantes do bando conseguiram fugir. O caminhão com os produtos roubados foi recuperado. Os presos e o material apreendido foram levados à delegacia de Nova Iguaçu (52ª DP).

 

Fonte: O Dia

Bombeiros do Rio enviam novas equipes para resgate em Brumadinho

Mais de 40 militares foram nesta madrugada para ajudar no trabalho de localização das vítimas do rompimento da barragem e vão substituir outros 41 que já estavam ajudando nos esforços no local desde o último sábado

 

Mais de 40 militares do Corpo de Bombeiros foram para ajudar em resgate de vítimas de Brumadinho

Mais de 40 militares do Corpo de Bombeiros foram para ajudar em resgate de vítimas de Brumadinho – Divulgação

 

O Corpo de Bombeiros do Rio enviou, na madrugada desta quarta-feira, novas equipes que vão ajudar nos trabalhos de resgate de vítimas do rompimento da barragem de Brumadinho, em Minas Gerais. Eles irão substituir os 41 militares que estão na região desde o último sábado.

“Nossos homens saíram daqui, hoje, com a responsabilidade de dar continuidade ao trabalho que vem sendo feito em Brumadinho desde sábado. Menos de 24 horas após a tragédia, já estávamos atuando na região, em apoio aos nossos irmãos do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais. É uma honra fazer parte de uma missão como esta. Enviamos o que temos de melhor, em termos de pessoal e de equipamentos, para ajudar na operação”, afirmou o coronel Roberto Robadey Jr, secretário de Estado de Defesa Civil e comandante-geral do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro.

A força-tarefa do Rio de Janeiro na cidade mineira conta ainda com uma aeronave, nove viaturas e três cães farejadores. O apoio na operação foi oferecido pelo governador Wilson Witzel, ainda na sexta-feira.

Drama acende alerta no Rio

O drama causado pela tragédia anunciada em Brumadinho acendeu o alerta no estado do Rio. Nesta segunda-feira, a Secretaria de Estado do Ambiente e Sustentabilidade (SEAS) criou um grupo multidisciplinar de estudos, composto por técnicos e especialistas do Inea (Instituto Estadual do Ambiente), DRM (Departamento de Recursos Minerais) e SEAS, para atualizar o diagnóstico da situação das barragens do Estado e criar critérios para regulamentar os licenciamentos.

Em território fluminense, há 29 barramentos de água contabilizados pela SEAS e pelo Instituto Estadual do Ambiente (Inea), órgão encarregado de fiscalizar a segurança dessas estruturas. Desse total, 12 barragens foram vistoriadas e definidas como prioritárias e seis apresentam um alto Dano Potencial Associado (DPA) – um nível de risco de prejuízos mais elevados, em caso de um eventual acidente -, entre elas as de Saracuruna, Juturnaíba, Rio Imbuí-UT Triunfo, Lago Javary e Gericinó.

 

Fonte: O Dia

Cadelas levadas em roubo são encontradas e dona filma reencontro emocionante

As filhotes de buldogue francês Pandora e a basset Mel foram levadas com o carro e o jet skit da família durante assalto, na noite de domingo, em São Gonçalo

 

A pequena Sophia comemora o reencontro com seus animais de estimação

A pequena Sophia comemora o reencontro com seus animais de estimação – Arquivo Pessoal

 

Acabou a angústia da família da enfermeira Arquiana Dutra, de 40 anos, e do empresário Sérgio Moreno Costa, de 47! Depois de longos dois dias de buscas pelas cadelinhas Pandora e Mel, que haviam sido levadas durante um roubo sofrido por ele na noite de domingo, as filhotes de buldogue francês e basset finalmente já estão em casa novamente.

As duas cadelas foram resgatadas no início da madrugada desta quarta-feira perto da região de onde foram levadas, a comunidade Novo México, em São Gonçalo, na Região Metropolitana do estado. Arquiana e o marido já estavam próximos do local porque foram recuperar o carro e o jet ski roubados no domingo. “Quando eu estava na delegacia, uma pessoa me ligou de um número restrito, uma mulher, dizendo que estava com os cachorros, mas que não queria o envolvimento da polícia”, Arquiana relembra.

A enfermeira diz que voltou para casa, em Realengo, na Zona Oeste da capital, para deixar o carro e o jet ski e combinou com a mulher um ponto na Rodovia Amaral Peixoto (RJ-104), fora da comunidade. “Marcamos em um lugar próximo a um matagal, na escuridão. Ela saiu de dentro do mato, pegou a recompensa (de R$ 1 mil, anunciada pelo casal) e voltou”, conta, avisando que a mulher disse que outra pessoa entregou os animais a ela para que entrasse em contato com o casal.

Reencontro

A buldogue francês Pandora e a basset Mel felizes em casa – Arquivo Pessoal

 

O reencontro com as cadelas foi “emocionante, perigoso e rápido”, nas palavras de Arquiana. “Tivemos que confiar em uma pessoa que poderia render a gente. A gente teve a coragem, confiou em Deus e foi”, se diz aliviada.

Em casa, a enfermeira e o marido resolveram anunciar a volta de Pandora e Mel de um jeito de diferente para a sobrinha que mora com eles, a pequena Ana Sophia, de nove anos. Mesmo de madrugada, com ela dormindo, eles a acordaram avisando que tinha surpresa. “Ela estava com febre por causa do sumiço. Ficou muito muito triste e até chorou. Estava com medo de fazerem algum mal para as cachorrinhas e ela não as ver mais”, afirma.

Acordada, Sophia foi até a porta de casa, encontrando o terceiro cachorro da família, o também buldogue francês Logan pelo caminho, até que se deparou com Pandora e Mel no colo de Sérgio. “Oh, meu Deus, oh meu Deus, oh meu Deus”, a pequena se espantou com o que viu. “Obrigada, obrigada, obrigada todo mundo por trazer meus cachorros em segurança”, agradeceu insistentemente.

 

Fonte: O Dia

Pensionistas da Segurança com direito a paridade só terão reajuste pago em março

Em 2018, os pensionistas re
Em 2018, os pensionistas re Foto: Vanor Correia / Agência O Globo

Os pensionistas de servidores das polícias militar e civil, dos bombeiros e de agentes penitenciários com direito ao reajuste idêntico aos pagos aos funcionários ativos (paridade) terão que esperar o salário de fevereiro, que será depositado em março, para a aplicação dos respectivos percentuais — com o pagamento retroativo a janeiro.

A informação foi confirmada ontem pelo Rioprevidência, após dezenas de reclamações por parte de pensionistas. O fundo não explicou o motivo pelo qual os percentuais serão aplicados com atraso, já que os aposentados terão direito aos valores integrais já sobre o salário de janeiro — pago em fevereiro.

Segundo pensionistas que entraram em contato com o EXTRA, foi passado pelo antedimento do Rioprevidência da necessidade da realização da revisão das pensões pelos beneficiários. O órgão, por sua vez, não especificou essa necessidade e garantiu que os percentuais serão aplicados na próxima folha.

Ainda segundo o Rioprevidência, todos os aposentados e pensionistas vinculados após 2003 terão direito a reposição pela inflação, de 3,43%, sobre os seus vencimentos também junto ao salário de fevereiro, pago em março. Haverá a aplicação da diferença relativa ao salário de janeiro.

 

Fonte: Extra

Banca divulga locais de prova para 129 mil candidatos ao concurso da PRF

Apreensão de drogas pela PRF: agentes podem escolher estado onde pretendem trabalhar
Apreensão de drogas pela PRF: agentes podem escolher estado onde pretendem trabalhar Foto: Divulgação / Polícia Rodoviária Federal

O Cebraspe, organizadora responsável pelo concurso da Policia Rodoviária Federal, divulgou para os inscritos na seleção onde eles deverão fazer as provas objetivas e discursivas, marcadas para o dia 3 de fevereiro. Ao todo, o processo tem 129.152 candidatos para as 500 vagas de agentes.

As provas serão aplicadas nos mesmos 17 estados onde há oferta de vagas, incluindo o Rio de Janeiro. No ranking de inscrições, o primeiro lugar ficou com o Pará, com 12.700 pessoas, seguido por Goiás. A maior concorrência, no entanto, será em Minas Gerais, que tem 9.510 candidatos, para nove oportunidades abertas (ou seja, 1.056 candidatos para cada vaga).

Apesar do exame estar marcado para as 14h do dia 3, o candidato deverá comparecer ao local com antecedência mínima de uma hora, ou seja, 13h no horário da capital. Será preciso levar o comprovante de inscrição, documento de identidade original e caneta esferográfica de tinta preta, fabricada em material transparente. Não serão permitidos aparelhos eletrônicos, relógios, óculos escuros, lápis, borracha, chapéu, recipientes ou embalagens que não sejam fabricados com material transparente.

A prova terá 120 questões de múltipla escolha, e ainda uma redação. Aprovados terão salário inicial de R$ 9.473,57, com jornada de 40 horas semanais.

 

Fonte: Extra