Número de roubos de rua cresce 42% em maio no RJ: quase 10 mil, diz ISP

Número de carros roubados chegou a mais de 16 mil de janeiro a maio.
São Gonçalo e Baixada Fluminense, segundo texto, ‘inspiram preocupação’.

Vídeo postado em redes sociais mostra momento que PM foi baleado (Foto: Reprodução Facebook)Vídeo postado em redes sociais mostra momento em que PM é baleado em assalto (Foto: Reprodução Facebook)

 

Os dados do Instituto de Segurança Pública do Rio (ISP) indicam que houve 9.968 roubos de rua no Estado do Rio no mês de maio de 2016. No mesmo mês em 2015, foram 6.975 roubos de rua em todo o território fluminense, um aumento de 42%. Foram registrados nos primeiros meses de 2016 em média 9615 casos por mês.

Segundo o instituto, os roubos de rua apresentam uma tendência de alta, iniciada no ano de 2015, tendo queda somente no mês de abril de 2016 e voltando a subir no mês de maio, com destaque para as áreas de da Baixada (Nilópolis, Nova Iguaçu e Duque de Caxias) e da Região Metropolitana, somando 28% do total de roubos de rua no estado.

Os homicídios decorrentes de intervenção policial e homicídios dolosos também aumentaram: de 44 para 84 e de 347 para 368, respectivamente, na comparação entre maio de 2015 e 2016. As áreas que mais sofreram com os problemas são na área de Campos, São João da Barra e São Fidélis, além da Baixada Fluminense, com relação aos homicídios dolosos. Já os homicídios decorrentes de intervenção policial foram mais numerosas em Niterói e Maricá, na Região Metropolitana, além da área do 41º BPM.

Mais roubos de carro
Os roubos de carro, segundo o ISP, aumentaram 22% no acumulado de janeiro a maio de 2016, totalizando 16339 roubos de veículos, concentrados principalmente em São Gonçalo e ne Baixada Fluminense, além da Zona Norte.

São Gonçalo, na Região Metropolitana, e São João de Meriti, na Baixada Fluminense, merecem atenção especial de acordo com o instituto, nos dados acumulados de janeiro a maio.

“No acumulado de janeiro a maio, a AISP que mais inspirara preocupação é a AISP 7 (São  Gonçalo), que contribui diretamente para o aumento dos delitos de homicídio doloso, homicídio decorrente de oposição à intervenção policial, roubo de rua e roubo de veículo.

No que diz respeito aos roubos de rua e roubo de veículo, em específico, as AISP 20 (Nova Iguaçu, Mesquita e Nilópolis) e AISP 21 (São João de Meriti) merecem atenção pela sua influência em ambos os delitos”, diz o texto do resumo dos indicadores.

 

Fonte: G1

Anúncios

Pagamento de salário e hora extra a policiais e bombeiros é anunciado

Salários de maio e junho serão pagos na semana que vem

Secretário de Segurança, José Mariano Beltrame prometeu hoje a policiais civis e militares o pagamento dos salários referentes aos meses de maio e junho na semana que vem – metade do salário de maio ainda não foi paga, e o de junho, que seria depositado apenas dia 11, será antecipado. A medida também inclui os bombeiros.

Espécie de hora extra, o Regime Adicional de Serviço (RAS), que não é pago desde fevereiro, será totalmente quitado até o fim de julho. Beltrame esteve hoje em três batalhões e três delegacias da Baixada para conversar com policiais. Ele disse que os detalhes sobre os pagamentos foram passados a ele pelo governador em exercício, Francisco Dornelles. Segundo Beltrame, os salários de maio e junho serão depositados “até meados” da semana que vem.

 

Fonte: O Dia

UPP Caju realiza campanha do agasalho

Doações serão entregues em localidade carente da comunidade

Imagens

Moradores do Parque Conquista irão receber cestas básicas junto com as roupas de frio

 

A UPP Caju está realizando uma campanha do agasalho para receber doações de roupas de frio, que serão entregues em uma localidade carente da comunidade conhecida como Parque Conquista.

No próximo domingo (03/07), será realizada a Corrida de Braços Abertos na comunidade, onde cada participante irá doar 1kg de alimento não-perecível para a confecção de cestas básicas, que serão distribuídas na localidade junto com as roupas de frio.

“O Parque Conquista é uma comunidade muito carente, com casas feitas de alvenaria. Os moradores de lá precisam muito mesmo, não têm nem o que comer, cozinham na beira da calçada e com certeza não contam com roupas de frio para este inverno. Por isso, resolvemos realizar a campanha para doar as cestas junto com as roupas”, contou a soldado Liana Brum.

Os interessados podem levar doações até a base da UPP Caju, na Rua Três, s/n, Vila Tiradentes – Caju. Também podem entrar em contato com as soldados Liana e Gisele Rosa através dos telefones 2332-4803 ou 96441-2181.

 

Fonte: PMERJ/UPP-RJ

Imagens mostram homem roubando câmeras de segurança em Niterói, RJ

Episódio aconteceu no bairro de Piratininga.
Equipamento monitorava a Estrada Francisco da Cruz Nunes.

Imagens flagraram na quarta-feira (29) o momento em que um criminoso roubou duas câmeras de segurança do bairro de Piratininga, em Niterói, Região Metropolitana do Rio. O equipamento monitorava a movimentação na Estrada Francisco da Cruz Nunes.

O suspeito sobe nos postes e arranca as câmeras que estavam instaladas no local. Os aparelhos são da Organização Não Governamental (ONG) Viver Bem, que tem o objetivo de trabalhar com a Prefeitura para fiscalizar a região. As pessoas que tiverem informações que levem ao suspeito devem ligar para o disque denúncia através do número 2253-1177.

 

 

Fonte: G1

Jovem é encontrada morta com dez tiros em Queimados

Corpo foi jogado dentro da mata, perto da linha férrea da Estrada Ilda Alves. Ela será enterrada nesta quinta-feira

Uma adolescente de 15 anos foi assassinada com cerca de dez tiros nas partes íntimas na terça-feira em Queimados, na Baixada Fluminense. Kelly Gisele da Silva foi encontrada morta na Estrada Ilda Alves, no bairro Vila Grande. Seu corpo foi jogado dentro da mata, perto da linha férrea. Parentes suspeitam que o crime tenha sido praticado por um ex-namorado de Kelly.

Nas redes sociais, amigos lamentam a morte da jovem com mensagens de luto e trechos de músicas evangélicas. Kelly vai ser enterrada nesta quinta-feira, às 10h, no Cemitério da Jaqueira, em Queimados. A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) investiga o crime.

 

Fonte: O Dia

Moradores fazem campanha de doação de material para delegacia

Ação tem o objetivo de abastecer a 28ª DP com papel ofício para ocorrências, material de limpeza e até canetas

A crise financeira que assola o Estado do Rio faz a Segurança Pública enfrentar problemas inusitados. A Polícia Civil foi atingida em cheio. Algumas delegacias não têm nem papel higiênico. Para remediar a situação, empresários de Vila Valqueire se mobilizaram para arrecadar doações para a 28ª DP (Praça Seca).

Nesta quarta-feira, os irmãos Luiz Claudio Leite, de 53 anos, e Marco Leite, de 48, donos de uma padaria na região, iniciaram a campanha ‘A 28ª DP pede socorro’. Eles estão arrecadando produtos que vão de caneta esferográfica a papel A4 para impressora, pano de chão, detergente, cloro, papel higiênico, sabonetes, baldes e outros produtos. Doações podem ser feitas na Padaria Ariel (Rua dos Lilases 1).

“É inadmissível chegar à DP e não ter papel para ocorrência. Os policiais precisam de um mínimo de estrutura para trabalhar. E nós precisamos dos policiais”, afirma Luiz Claudio.

Pessoas que moram ou trabalham na região farão carreata para entregar os produtos aos policiais

Foto: Maíra Coelho / Agência O Dia

A ideia é encher dois utilitários Fiorino com o material arrecadado e entregar à delegacia no dia 10 de julho. Está sendo organizada uma carreata no bairro para entregar o material. “A população vai ajudar já que o governo faliu. O estado não faz, nós faremos”, diz Marco.

A campanha, que também mobiliza moradores da região, foi ampliada depois que Luiz Claudio, por pouco, não foi assassinado. O dono da padaria disse ter sido assaltado duas vezes. “Numa delas corri e o bandido atirou três vezes em mim. A arma falhou e estou aqui para contar a história. A nossa região está abandonada e precisamos da polícia.”

A campanha ‘A 28ª DP pede socorro’ deu início no Facebook ao Movimento SOS Valqueire, que reúne moradores e empresários do bairro. Síndica do condomínio Residencial Lilases, vizinho à padaria, Simone Souza, 52 anos, diz que a iniciativa de arrecadar insumos para a delegacia poderá ajudar na segurança. “Acho que os policiais vão se motivar mais.”

O vendedor Charles Maranhão, 38 anos, doou dois frascos de detergente. Segundo ele, se a delegacia não tiver um mínimo de estrutura ficará muito complicado para os agentes atenderem à população. “É uma vergonha não ter nem papel higiênico”, diz maranhão.

Chefe da delegacia, Paulo Mancebo diz ser válida a iniciativa. Segundo ele, mostra a preocupação da sociedade com a situação da Polícia. No entanto, ele avisou que esta não é a forma mais correta de ajudar.

“Em tese não posso receber o material. O ideal é entregar para a Chefia de Polícia para depois recebermos. Tem de ter ofício, ser tudo legal. Quem cuida deste setor é a Divisão de Patrimônio”, explica Paulo Mancebo, emendando: “Há delegacias que precisam mais do que nós. Fazemos de 25 a 30 ocorrências em média. Algumas fazem 60.”

 

Fonte: O Dia

Gêmeos roubam carro e são presos após perseguição policial na Baixada

Crime ocorreu em Mesquita, mas jovens só foram detidos em Nova Iguaçu. Primo deles também foi preso

Policiais trocaram tiros com criminosos no Centro de Nova Iguaçu

Foto: WhatsApp O DIA

Dois irmãos gêmeos foram presos, no Centro de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, no final da noite desta quarta-feira. Moradores da comunidade da Coréia, em Mesquita, os jovens Renan Gomes Araújo e René Gomes Araújo, de 19 anos, roubaram um Logan prata, naquela cidade, na companhia do primo, Uéslei Santos Araújo, de 21 anos. Morador de Anchieta, na Zona Norte da capital, este último também foi preso.

Após serem informados sobre o roubo do carro, policiais do 20º BPM (Mesquita) fizeram um cerco na região e deram início às buscas. O veículo foi localizado na Rua Bernardino de Melo, em frente á Unimed e ao Colégio Iguaçuano, no Centro de Nova Iguaçu. Agentes deram ordem de parada e tentaram abordar o veículo, mas não foram obedecidos. Os jovens ainda realizaram disparos contra os policiais, que revidaram.

Enquanto tentava fugir, o trio colidiu com o meio-fio e recebeu voz de prisão. Com os jovens, policiais, além de recuperar o carro roubado, apreenderam munições, carregadores e duas pistolas, uma delas estava com a numeração raspada.

Um dos três jovens estava baleado e foi encaminhado para o Hospital Geral de Nova Iguaçu, na Posse. Não há informações do seu estado de saúde. O caso foi registrado na 56° DP (Comendador Soares).

Após perseguição policial, irmãos gêmeos e o primo foram presos. Carro roubado foi recuperado

Foto: WhatsApp O DIA

Fonte: O Dia