Policial do Bope é enterrado no cemitério de Sulacap,Rio

Adilson Ferreira Rissaa Filho, de 40 anos, morreu baleado nesta sexta-feira (29), na Taquara. Ele é o 105º PM morto este ano.


Enterro do sargento do Bope em Sulacap (Foto: Marcelo Bruzzi/Globonews)

Enterro do sargento do Bope em Sulacap (Foto: Marcelo Bruzzi/Globonews)

 

O agente do Batalhão de Operações Especiais (Bope), da Polícia Militar, o sargento Adilson Ferreira Rissaa Filho, de 40 anos, foi enterrado no início da tarde deste sábado (30), no cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap, na Zona Oeste do Rio. Ele morreu baleado nesta sexta-feira (29) na Taquara, Jacarepaguá, Zona Oeste.

Abalados com o crime, familiares e amigos de Adilson Ferreira Rissaa Filho não quiseram dar entrevistas. O comandante do Bope, Carlos Eduardo Sarmento, participou do velório. A vítima é o 105° policial militar morto só este ano no estado do Rio.

Saiba aqui quem são todos policiais mortos no estado em 2017.

Sargento do Bope é morto na Zona Oeste do Rio (Foto: Divulgação)

Sargento do Bope é morto na Zona Oeste do Rio (Foto: Divulgação)

O sargento estava de folga e as circunstâncias da morte ainda estão sendo investigadas pela Polícia Civil. No dia do crime, homens do 18º BPM (Jacarepaguá) foram acionados para uma ocorrência na Rua Paulo Moreira da Silva, na Taquara, porque havia um cadáver dentro do Condomínio Mirataia. Ao chegarem no local, os PMs encontraram o corpo do sargento.

Adilson Ferreira Riça Filho trabalhava há 12 anos na corporação e deixou dois filhos. Um de 20 anos e outro de 7.

Fonte: G1

Anúncios

Operação Verão nas praias tem início com tempo chuvoso no Rio

Apesar do pouco movimento, os policiais e guardas municipais realizaram o patrulhamento na orla da cidade

 

Com uma mudança brusca de tempo que provocou chuva no Rio, a operação Verão teve início nas praias da cidade neste sábado. Apesar do pouco movimento, policiais militares e agentes da Guarda Municipal realizaram o patrulhamento na orla.

Mesmo com o tempo chuvoso, alguns turistas estiveram na orla e tiraram fotos. Surfistas também se arriscaram no mar revolto no Arpoador, na Zona Sul. Na região, havia viaturas da Polícia Militar, da Guarda Municipal e da Secretaria de Ordem Pública.

Operação Verão teve início com chuva no RioSandro Vox / Agência O Dia

Reforço de 800 policiais

O reforço no policiamento conta com um efetivo de 800 policiais, desde a Praia do Flamengo, na Zona Sul, até o Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste. A ação da PM é integrada com a Guarda Municipal e as secretarias municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (SMASDH), Especial de Ordem Pública (SEOP) e de Transportes (SMTR).

Os 800 policiais militares que atuarão na orla vêm de diferentes unidades e terão o apoio dos batalhões de Policiamento em Grandes Eventos (BPGE), de Áreas Turísticas (BPTur), além do Grupamentos de Policiamento Transportado em Ônibus Urbanos (GPTOU) e do Regimento de Polícia Montada (RPMont).

A ação prevê abordagem a veículos, com atenção especial a ônibus, ao longo do dia. Os policiais vão revistar passageiros e, em caso de suspeita de menores em situação de risco, haverá o apoio da Secretaria Municipal Assistência Social e Direitos Humanos que será responsável por avaliar a situação de vulnerabilidade dos menores.

 

Fonte: O Dia

PM realiza operação na Cidade de Deus e na Taquara após morte de agente

Operação na CDD
Operação na CDD Foto: Reprodução/Voz das Comunidades

Policiais militares do 18º BPM (Jacarepaguá) e do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) realizam operação na manhã deste sábado na Cidade de Deus e na Taquara. A comunidade amanheceu sob o barulho de tiros e bombas. Os agentes buscam criminosos em resposta ao assassinato de uma autoridade do Bope na última sexta-feira, em um condomínio da região. A investida se estende para outros pontos da Taquara.

Moradores reclamam do confronto entre bandidos e policiais desde às 6h deste sábado. Uma pessoa ligada ao tráfico de drogas foi baleada.

A ação policial, que está em andamento, ocorre também no dia seguinte a um ataque de criminosos a agentes da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) na comunidade, na Zona Oeste do Rio.

De acordo com o comando da UPP, os policiais passavam pela Estrada Marechal Miguel Salazar Mendes de Moraes, via de acesso à Cidade de Deus, quando criminosos atiraram contra a viatura da guarnição, por volta das 17h desta sexta-feira. O policiamento foi intensificado na região do incidente.

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra os momentos após o ataque dos criminosos à viatura da PM. Nas imagens, os policiais se protegem atrás de um poste de luz no início da Estrada Marechal Miguel Salazar.

 

Fonte: Extra

Polícia pede prisão temporária de suspeitos de torturar jovens na Rocinha

Entrada da Rocinha, comunidade na Zona Sul do Rio
Entrada da Rocinha, comunidade na Zona Sul do Rio Foto: Pedro Teixeira / Agência O Globo

Sete suspeitos de torturar dois jovens na Rocinha, na Zona Sul do Rio, na quarta-feira, tiveram a prisão temporária pedida. No grupo — composto por rapazes entre 19 e 27 anos, um homem de 38 anos e uma mulher de 42 anos — está Carlos Alexandre Camelo da Silva, esfaqueado, nesta sexta-feira, pelo pai de um dos adolescentes torturados.

De acordo com testemunhas, os adolescentes foram capturados por traficantes e torturados durante cerca de 40 minutos, em uma vila dentro da própria comunidade. Um dos meninos é morador da favela e estava acompanhado de um colega. Eles foram resgatados por fuzileiros navais.

Ainda segundo moradores que presenciaram o crime, as vítimas estavam a caminho de um projeto social, nas proximidades do metrô de São Conrado quando foram abordados por criminosos armados e, em seguida, espancados com pedaços de madeira. No momento em que os traficantes teriam despejado álcool sobre os rapazes, que estavam amarrados com fita adesiva, uma pessoa teria visto a cena e denunciado aos fuzileiros, que resgataram os adolescentes com vida.

 

Fonte: Extra

Homem é detido durante tentativa de sequestro na Avenida Brasil

Policiais detêm ação de sequestrador na Avenida Brasil
Policiais detêm ação de sequestrador na Avenida Brasil Foto: TV Globo / Reprodução

 

Homens das polícias Militar e Rodoviária Federal renderam um criminoso que tentava roubar um jipe com duas pessoas dentro, nesta sexta-feira, na Avenida Brasil, na altura de Manguinhos. Passageiros de um ônibus que passava pelo local avisaram a polícia sobre a ação do bandido e comemoraram o momento da prisão.

Durante o episódio, ninguém ficou ferido. O homem, que estava armado, foi detido. Uma das vítimas afirmou que já foi assaltada várias vezes. O policial rodoviário Fabiano Roberto participou da rendição e disse que acionou a Polícia Militar depois de ser chamado para a ocorrência. Ele é de Rondônia e está no Rio pela operação Égide, do Governo Federal. Fabiano está atuando no reforço do patrulhamento em estradas e vias expressas do estado.

— Abordamos o jipe e fizemos rendição do cidadão que estava armado, mas não esboçou nenhuma reação e trouxemos para delegacia. Se a população não tivesse participado, a operação não teria êxito. É importante que a população tome parte e torne o Rio um lugar melhor pra se viver — disse Fabiano Roberto, em entrevista ao RJTV, da Rede Globo.

Fonte: Extra

Vereador de São Gonçalo tem carro roubado pela quarta vez em menos de um ano

Veículo foi levado quando estava com a mulher e a sogra do político
Veículo foi levado quando estava com a mulher e a sogra do político Foto: Reprodução/Facebook

O vereador Eli da Rosabela (PPS) teve o carro roubado pela quarta vez em menos de um ano em São Gonçalo, onde mora com a família. A mulher e a sogra do político foram rendidas por quatro homens na última sexta-feira, quando chegava em casa, no bairro Jardim República, na cidade da Região Metropolitana do Rio de Janeiro, e tiveram o veículo e os pertences roubados. O parlamentar compartilhou a denúncia nas redes sociais e o caso foi registrado na 75ª DP (Rio do Ouro).

O crime aconteceu na Rua Laércio Xavier de Mendonça, quando a família do parlamentar chegava ao condomínio onde mora. Até o fim da tarde deste sábado, segundo informações da polícia, o veículo ainda não tinha sido encontrado.

Este não é o primeiro caso de assalto a políticos em São Gonçalo. Em maio deste ano, o prefeito José Luiz Nanci teve o carro roubado no centro da cidade. Após o registro do crime, o carro do governante foi encontrado em Guaxindiba.

O prefeito de São Gonçalo, José Luiz Nanci
O prefeito de São Gonçalo, José Luiz Nanci Foto: Thiago Freitas / Agência O Globo

Fonte: Extra

POLÍCIA MILITAR FORMA FORÇA-TAREFA PARA ASSEGURAR PAZ NA ROCINHA

– Devemos encarar a nossa ação na Rocinha como uma oportunidade para mostrar aos moradores e à sociedade a capacidade de realização da Polícia Militar, mesmo enfrentando todas as dificuldades – disse o Chefe do Estado-Maior Geral da PM, Coronel Lúcio Flávio Baracho, durante reunião com comandantes de unidades da Corporação que integram a força-tarefa formada para assumir a ocupação da comunidade.

Desde a madrugada desta sexta-feira, 29/09,  quando os militares das Forças Armadas deixaram a área, a Polícia Militar reassumiu a missão de garantir a segurança dos moradores e dar continuidade às operações para localizar e prender criminosos e apreender armas e drogas.

A reunião do Coronel Baracho com os comandantes das unidades foi realizada na base principal da UPP da Rocinha, no Portão Vermelho. Antes, os comandantes das unidades da PM e policiais civis receberam o Secretário de Segurança Pública, Roberto Sá, na sede da 11ª DP, que fica em frente a Rocinha. Em seguida, as autoridades da área de segurança caminharam pela comunidade para conversar com moradores.

 

 

– Fiquei muito bem impressionado com o apoio que os moradores demonstraram. Percebi no olhar de cada um deles que todos esperam viver em paz – disse o Secretário Roberto Sá.

A impressão do Secretário foi confirmada pelo presidente da Associação dos Moradores da Rocinha, Carlos Eduardo Barbosa, que foi à base da UPP, para conversar com os comandantes das unidades envolvidas na atuação na Rocinha.

– Nós queremos trabalhar e viver em paz. E estamos dispostos sempre a colaborar com o trabalho da polícia  – disse Carlos Eduardo aos comandantes.

Além do Secretário Roberto Sá e do Coronel Baracho, participaram da reunião o Comandante do COE, Coronel Marcelo Nogueira; os Comandantes do BOPE, Coronel Carlos Eduardo Sarmento; do BPChq, Coronel Jorge Pimenta; do Comando de Polícia Pacificadora, Coronel Samir Lima; da UPP da Rocinha, Major Cunha Neves; e o delegado titular da 11ª DP (Rocinha), Antônio Ricardo Lima.

 

Fonte: PMERJ