APLICATIVOS RELACIONADOS À SEGURANÇA GANHAM CADA VEZ MAIS ADESÃO E SÃO IMPORTANTES FERRAMENTAS PARA DENÚNCIAS

CICC-190 (5).jpg

Aplicativos Emergência RJ e Disque Denúncia Rio têm milhares de downloads

 

 O aplicativo Emergência RJ, lançado há seis meses pela Secretaria de Estado de Segurança, já conquistou cerca de 8.000 downloads, com recorde nos períodos de maior número de turistas no Rio, como o Réveillon e o Carnaval. O projeto piloto, lançado em parceria com a Startup Nearbee, oferece atendimento imediato em serviços emergenciais como denúncias de atividades suspeitas, ocorrências ou pedidos de socorro.

card_Emergencia190

O aplicativo, que beneficia aproximadamente 12 milhões de moradores da Região Metropolitana do Rio, permite que o usuário possa fazer a denúncia com poucos cliques, de forma confiável e gratuita, sem precisar dizer uma única palavra. A ferramenta pode ser usada por pessoas com audição e falas comprometidas. O app foi projetado para incluir o envio de fotos e áudios. A navegação foi desenvolvida para o usuário seguir de forma intuitiva todos os indicadores, facilitando o uso.

– Vemos a tecnologia como uma grande ferramenta da segurança. Estamos sempre atentos ao que há de mais moderno no mercado, buscando oferecer ao cidadão novos recursos e oportunidade de auxiliar na segurança. Temos a população como uma aliada permanente – afirmou o subsecretário de Comando e Controle, Rodrigo Alves.

APP Disque Denúncia (2)

Uma equipe capacitada dentro do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), na Cidade Nova, é responsável encaminhar as demandas, que podem chegar também em inglês e espanhol, de acordo com o padrão de idioma do celular do usuário, no caso de um turista estrangeiro.

 

Disque Denúncia: 4.585 downloads

 

A Secretaria de Segurança também atua em parceria com o Disque Denúncia. O serviço possui um aplicativo para celulares – o Disque Denúncia Rio – com o objetivo de facilitar o recebimento de denúncias sobre diversos tipos de crimes, além de propiciar maior interação com a população. Uma das principais características do aplicativo é garantir o anonimato do denunciante. O aplicativo já obteve 4.585 downloads.

– O usuário não se coloca em risco e não precisa abordar ninguém. Somente envia informações pelo celular. Esse é mais um canal de informação com o objetivo de auxiliar as autoridades da área de segurança a reduzirem a criminalidade em nosso Estado – disse o coordenador do Disque Denúncia, Zeca Borges.

A ferramenta para denúncias permite o envio de fotos e vídeos diretamente pelo aplicativo. Há também um campo onde o usuário pode descrever o relato sobre a atividade criminosa que ele está denunciando. Há ainda a opção de o usuário denunciar por telefone direto do aplicativo. Nesse caso, o número 2253-1177 aparece na tela de discagem do celular para que a denúncia seja feita pela forma tradicional.

Terrorismo, homicídio, tráfico de drogas, roubo de cargas, roubo de veículos, criminosos procurados e esconderijo de armas são os assuntos disponibilizados atualmente para a realização das denúncias por meio do aplicativo. Os critérios utilizados para a escolha desses temas foram baseados no volume das denúncias já recebidas pelos telefones 2253-1177 e 0300-253-1177 e pela relevância.

Após a realização da denúncia via aplicativo, a informação passa por uma análise, vai para o mesmo banco de dados do Disque Denúncia e, em seguida, é difundida às autoridades.

O usuário pode enviar denúncias de caráter investigativo, mas não emergenciais como assaltos e incêndios, por exemplo. Nesse último caso, a orientação é que o usuário ligue para o 190 da Polícia Militar. Não há restrição de horário para que o usuário denuncie, já que ele pode enviar a informação 24h, nos sete dias da semana.

Ao final da denúncia é disponibilizado um número de atendimento que o usuário deve guardar, a fim de que ele possa consultar posteriormente, saber o que foi feito com a informação.

PM reage a assalto e atira em suspeito dentro de ônibus na Baixada

Homem anunciou roubo em coletivo e roubou celulares de vítimas

Um policial militar reagiu a um assalto, na tarde desta sexta-feira, e baleou um suspeito em um ônibus na Avenida Washington Luís, na BR-040, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. O militar, lotado na Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Mangueirinha, estava voltando do trabalho quando um homem ainda não identificado anunciou o assalto no coletivo, pegando documentos e celulares de passageiros, segundo a Polícia Militar.
Foram apreendidos celulares e documentos de vítimas de asasltoWhatsApp O DIA (98762-8248)

Após o policial e sua esposa entregarem seus aparelhos, o suspeito pediu a carteira do PM. A esposa do militar segurou os braços do rapaz e o cabo sacou a arma e fez os disparos. O homem foi socorrido por uma ambulância da Concer, concessionária que administra a via, mas ainda não há informações sobre seu estado de saúde. Foram apreendidos um revólver calibre .38, documentos e celulares. O caso foi registrado na 59ª DP (Duque de Caxias).

Fonte: O Dia

LAAD DEFENCE & SECURITY 2017

O Comandante-Geral, no uso de suas atribuições legais e atendendo a proposta do Coordenador Interino de Comunicação Social, torna pública a realização da LAAD Defence & Security 2017, assim como a Reunião do Conselho Nacional dos Comandantes Gerais das Polícias Militares e Bombeiros Militares (CNCG – PM/BM), no período de 04 a 07 de abril de 2017, no Riocentro.

O credenciamento online para o acesso gratuito à Feira Internacional de Defesa e Segurança (LAAD Defence & Security 2017) estará disponível até 03 de abril de 2017 (segunda-feira), através do site :

https://credencial.online/laad2017/visitantes/inicio.php

SEAP RECEBE 300 RADIOTRANSMISSORES

3003_ Entrega de radiotransmissores (3)

O evento aconteceu na sede Superintendência de Comunicações Críticas

 

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) recebeu nesta quinta-feira, 30 de março, 300 radiotransmissores da Secretaria de Estado de Segurança (Seseg), em uma cerimônia na sede Superintendência de Comunicações Críticas, no Centro do Rio.

Os aparelhos, adquiridos e utilizados durante os Jogos Rio 2016, permitirão o contato direto com o Centro Integrado de Comando e Controle e demais órgãos de segurança, auxiliando na escolta e deslocamento de presos. Além disso, são mais resistentes, inclusive à água e contam com sistema digital, que garante a rápida resposta e comunicação segura entre as equipes operacionais espalhadas por todo Estado e o Centro Integrado de Comando e Controle (CICC). Além da alta qualidade de som, os aparelhos permitem o monitoramento por GPS – com localização das equipes em campo por mapas digitais – e longa autonomia da bateria.

3003_ Entrega de radiotransmissores (1a)
O superintendente de Comunicações Críticas, Alexandre Corval, enfatizou a importância do equipamento e disponibilizou um treinamento online para que os profissionais da Seap possam melhor entender o sistema. “Nos empenhamos em oferecer canais que possam auxiliar na segurança. Os rádios representam um ganho efetivo na qualidade do atendimento. Estamos unificando esta comunicação, agilizando o contato e contribuindo efetivamente para unificar toda a área de segurança”, disse.

3003_ Entrega de radiotransmissores (2a)

O subsecretário de Administração Penitenciária, Lindinaldo Moraes, agradeceu pela parceria e destacou as vantagens desta integração. “Com a modernização da rede vamos ampliar a dinâmica do trabalho. O contato fica mais rápido e agiliza o serviço. Diariamente fazemos transferências e deslocamentos de presos para fóruns de várias partes do Estado, um serviço que requer segurança operacional. Os rádios vão permitir o contato e o monitoramento das equipes, principalmente em áreas isoladas”, frisou.

 

Fonte: SEAP

 

Três adolescentes são mortos a tiros em Irajá

Bombeiros foram acionados para ocorrência, mas encontraram vítimas mortas no local

Três adolescentes foram mortos a tiros, na tarde desta sexta-feira, na Rua Guirareia, na região conhecida como Campo Sangue e Areia, em Irajá, na Zona Norte do Rio. De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, militares foram acionados por volta das 14h para uma ocorrência na região. No entanto, quando chegaram aolocal já encontraram os meninos mortos.

Segundo a assessoria de imprensa da Polícia Militar, o 41º BPM (Irajá) foi acionado para a ocorrência. A PM informou ainda que policiais estão no local aguardando a perícia. A Delegacia de Homicídios (DH) vai assumir o caso. Ainda não há informações sobre a identidade das vítimas ou as circunstâncias do crime.

De acordo com relatos publicados nas redes sociais, os jovens teriam tentado assaltar um carro na região. No entanto, o motorista do veículo reagiu atirando nos garotos.

Procurada pelo DIA, a Polícia Civil ainda não se pronunciou sobre o crime.

 

Fonte: O Dia

Dois suspeitos são baleados durante ação policial, na Zona Norte do Rio

Dois suspeitos ficaram feridos após serem baleados durante um confronto com agentes da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Fé/Sereno, na manhã desta sexta-feira, no Morro da Fé, no Complexo da Penha, na Zona Norte do Rio.

De acordo com informações da Polícia Militar, os agentes faziam um patrulhamento na região quando foram atacados pelos suspeitos. Houve troca de tiros. Os criminosos ficaram feridos e foram encaminhados para Hospital Estadual Getúlio Vargas, no bairro da Penha.

Com os suspeitos foram apreendidas 144 pedras de crack, 12 comprimidos de ecstasy, 127 trouxinhas de maconha, 213 pinos de cocaína. Os homens também traziam um rádio transmissor e uma pistola calibre 40.

O caso está registrado na Delegacia de Homicídios da capital.

De acordo com moradores, que não quiseram se identificar, o clima é de medo na região.

Fonte: Extra