PROERD: 120 alunos recebem certificados

photos

Cento e vinte alunos da Escola Municipal Wilson Batista, no Parque Guarus, Campos dos Goytacazes,  receberam certificados e participaram da palestra do Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd), desenvolvido pela Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PMERJ). Na tarde do dia 5 de dezembro. A palestra foi sobre conscientização sobre os malefícios do uso de substâncias químicas (legais e ilegais). A entrega dos certificados e a palestra foram realizados na Vila Olímpica Valdir Pereira, do Parque Guarus.

O Proerd tem como público-alvo os estudantes da Educação Infantil e do Ensino Fundamental de unidades escolares, bem como os pais ou responsáveis dessas crianças e adolescentes. A iniciativa é composta por palestras de conscientização, ministradas por policiais militares capacitados para a função. Nas aulas, é utilizado material didático específico e são desenvolvidas atividades didáticas interativas.

– A gente trabalha com alunos do 5º ano do Ensino Fundamental, por causa da faixa etária deles, que representa um momento em que eles ainda não tiveram contato com as drogas. Sendo assim, a gente trabalha com a prevenção primária. As aulas são semanais e, no final do período, é realizada uma formatura, quando os estudantes recebem certificados – informa o subtenente Alves, que ministrou a palestra nesta segunda-feira.

A diretora da Escola Municipal Wilson Batista, Célia Maria, também falou sobre a importância do programa. “Acredito que através do programa podemos aproveitar com que as crianças tragam as experiências, relatem as histórias e façam deste aprendizado uma vivência futura”, declarou a diretora.

 

Fonte: PMERJ

PROJETO DE ASSESSORA DA SESEG É SELECIONADO PELO BANCO INTERAMERICANO DE DESENVOLVIMENTO

 

 A assessora técnica Grazielle Barreto Gomes, da Subsecretaria Extraordinária para Grandes Eventos da Secretaria de Estado de Segurança (Seseg), apresentou o projeto Afromundo 2020 – Filhos da África/ 5°Conferência da UNESCO para Proteção e Promoção da Diversidade Cultural, na sede do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), em Washington, Estados Unidos, no seminário de encerramento e debates sobre megaeventos. O trabalho de Grazielle e os de outros quatro brasileiros foram selecionados entre 50 inscritos no curso Fortalecimento de Gestão Pública para Megaeventos, organizado pelo BID, com consultoria da Ernst & Young.
A servidora – com especialização em Gestão Pública Municipal e que tem noturismo um misto de formação e paixão – divide a conquista com seus colegas servidores, levantando a bandeira do funcionalismo público e da diversidade cultural e racial.
– Vejo este trabalho como um instrumento para estimular a tolerância e o respeito entre as culturas. Ser negra serviu como influência e inspiração, pois pude falar da realidade que vivo. O evento que criei estimula a boa convivência entre os povos. Busquei um mecanismo para paz mundial – profetizou ela, lembrando que parte da pesquisa foi baseada nas ações da Organização das Nações Unidas (ONU), que declarou o período entre 2015 e 2024 como Década Internacional Afrodescendente – explica.
Com a experiência de ter coordenado eventos junto à Associação Brasileira de Hotéis do Rio de Janeiro, em 2009, no processo de candidatura da cidade para sediar os Jogos Olímpicos de Verão 2016 e após intensa maratona, que incluiu Copa do Mundo 2014 e Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, Grazielle alinhou no projeto reflexos variados da cultura africana como: culinária, moda e estilo, língua, música, dança e arte popular em geral, reconhecidos atualmente como nacionais, afro-brasileiras, na expectativa de uma participação plena e igualitária da sociedade.
A servidora Osana Rossi da Subsecretaria Extraordinária de Grandes Eventos também participou do curso Fortalecimento de Gestão Pública para Megaeventos, organizado pelo BID. Ela apresentou o projeto Circuito da Pacificação, sugerindo corridas dentro das comunidades com UPPs.

– O curso me habilitou, principalmente, a planejar metas, objetivos, métodos, procedimentos e padrões dentro da execução das tarefas esboçadas, a fim de verificar sempre os resultados do cumprimento delas, trabalhando para melhora-las a todo o momento. Me sinto honrada em ter tido esta oportunidade dentro da minha profissão e da minha área específica – diz Osana.
Para o subsecretário Extraordinário para Grandes Eventos, Roberto Alzir, a Seseg vem estimulando de forma permanente o crescimento profissional da equipe.

– Quanto melhor o nível de assessoramento que dispomos, melhor será a qualidade dos serviços e produtos que entregamos – garante Roberto Alzir, orgulhoso pelo empenho e dedicação dos profissionais vinculados à Subsecretaria.

O presidente da Superintendência de Desportos do Rio de Janeiro (Suderj), Leonardo da Silva Moraes, também participou do curso, com o trabalho Brics Games Rio2019. Todos receberam certificados do BID e terão seus trabalhos publicados futuramente.

 

 

Fonte: SESEG

PMERJ, PCERJ E SESEG DEBATEM CRIMINALIDADE JUVENIL EM CAMPOS DOS GOYTACAZES

 

A Seseg marcou presença, na 5ª feira passada, dia 1º, no encontro do Grupo de Trabalho Criminalidade Juvenil em Campos dos Goytacazes: construindo novos caminhos a partir do debate interinstitucional, no auditório do Ministério Público (MP-RJ), promovido pelas Polícias Civil e Militar da região. O GT, que envolveu representantes de diferentes instituições, concluiu que o principal problema é a vulnerabilidade social de crianças e adolescentes, que provoca o envolvimento de jovens a partir de 12 anos com a criminalidade, sobretudo no tráfico de drogas em seis bairros da grande Guarus

Durante o debate, foram apresentados dados, pesquisas e boas práticas policiais voltadas aos jovens. Pesquisadores e profissionais de segurança pública identificaram problemas prioritários e desenvolveram um plano com propostas de mudança e estratégias de atuação. Abaixo, as principais propostas levantadas pelos profissionais.

 

Intensificar o aproveitamento do sistema de monitoramento com câmeras ao integrá-lo ao serviço de inteligência das Polícias.

 

Criar uma base de dados compartilhada, para facilitar a comunicação da PMERJ e PCERJ com a base social da prefeitura.

Desenvolver atividades esportivas, culturais e de saúde próximas à casa dos jovens.

 

Reestabelecer o núcleo interdisciplinar responsável pelo primeiro atendimento na delegacia.

 

Priorizar os adolescentes que cumprem medidas socioeducativas no projeto Jovem Aprendiz.

 

Gerar dados sistematizados e informação, não somente para uso do Conselho Tutelar, sobre as crianças e adolescentes com baixa frequência nas aulas ou que evade da escola.

 

Participaram da reunião o superintendente de Programas Estratégicos da Seseg, Alexandre de Souza; a coordenadora de Análise e Integração da 6ª RISP, Vanessa Cortes; o comandante do 6º Comando de Policiamento de Área (6º CPA), Lúcio Flávio Baracho de Souza, e o diretor do 6º Departamento de Policiamento de Área (6º DPA), Daniel Bandeira. Também participaram do evento representantes do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM), da Guarda Municipal de Campos, do Conselho Tutelar, da Secretaria Municipal de Educação, do Conselho Municipal da Infância e Juventude, da Fundação Municipal da Infância e Juventude, além de integrantes da prefeitura.

 

Fonte: SESEG

CONCURSO ELEGE A GAROTA NS

garota-ns-4

Esta é a quarta edição do concurso, que acontece no Presídio Nilza da Silva Santos

 

Simpatia, desenvoltura e beleza foram um dos principais quesitos avaliados pelos jurados durante a quarta edição do concurso Garota NS, realizado na tarde da última quarta-feira, 07 de novembro, no Presídio Nilza da Silva Santos, em Campos dos Goytacazes.

O objetivo do concurso foi valorizar a beleza da mulher, resgatar a autoestima, combater o ócio e promover a integração. No dia do evento, as internas fizeram uma preparação com cabelo e maquiagem com profissionais da área.

garota-ns-1

As 11 candidatas desfilaram em trajes casual e de gala. Além disso, tiveram que responder a uma pergunta de um dos participantes do júri, formado por colaboradores e convidados. Como premiação, a 1ª colocada conquistou 1 kit de beleza, um kit maquiagem e festa infantil para as suas filhas. Já a segunda, a terceira e a Miss Simpatia receberam um kit de beleza . Para finalizar os prêmios,  as internas, que assistiram o desfile, participaram de um sorteio de 2 bolsas profissionalizantes de informática e uma bolsa profissionalizante de maquiagem.

A vencedora pela segunda vez, a interna Lídia Bernardo Machado, destacou o sentimento de ganhar o concurso. “Foi muito bom para minha autoestima, um dia em que me senti uma princesa. Espero sair, ter um recomeço e uma nova oportunidade”, disse.

garota-ns-4
A diretora da unidade prisional, Débora Rosalino Moraes, avaliou de forma positiva a ação. “O evento é um momento de alegria, confraternização e valorização da beleza e autoestima de cada uma das participantes e que serve de inspiração para as demais”, concluiu.

 

Fonte: SEAP

 

Ex insatisfeito confessa que atropelou jovem três vezes

Justiça tinha determinado medida protetiva em favor da vítima em novembro, mas endereço do acusado não foi encontrado. Ela escapou também de um tiro

Um homem de 32 anos inconformado com o fim do relacionamento foi preso acusado de atropelar três vezes a ex-namorada, na noite de quarta-feira, no Jardim Califórnia, em Nova Friburgo, Região Serrana. Leonardo da Silva Navega, de 32 anos, ainda tentou atirar contra a vítima, mas a arma falhou, segundo a polícia. A jovem de 19 anos escapou por pouco e passa bem. Ele já tinha 36 anotações criminais, a maioria por violência doméstica, tráfico de drogas, roubo e furto.

Leonardo estava em um Toyota Corolla preto e monitoraria os passos da ex-namorada. A jovem, que estava ao lado de uma tia, foi atingida pelo carro. Ferida, buscou refúgio atrás de outro veículo, que foi abalroado diversas vezes pelo criminoso. De acordo com a Polícia Civil, o acusado imprensou a ex contra um muro e desceu do carro armado.


No vidro do carro do ex, a polícia encontrou cabelos da vítimaDivulgação

“Ele tentou disparar, mas a arma picotou. A tia da vítima lutou com o ex-namorado da sobrinha, que, para escapar, roubou a bicicleta. O carro dele ficou destruído e já foi periciado. Encontramos até fios de cabelo da jovem nos vidros do veículo”, disse a delegada Danielle Bessa de Barros, titular da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) de Friburgo.

Segundo a delegada Danielle Bessa de Barros, a jovem já tinha procurado a Deam para denunciar que vinha sofrendo assédio do ex-namorado. Em novembro, a Justiça determinou uma medida protetiva a favor da vítima para que o acusado não pudesse se aproximar dela, mas Leonardo não foi localizado para ser notificado.

Arma foi parar em riacho

O acusado foi preso na casa de um amigo logo após o ataque em uma ação conjunta entre as polícias Civil e Militar. “Antes de ser preso, ele mandou uma mensagem para a sobrinha dizendo que tentou matar a ex-namorada e que não aguentava mais a situação”, afirmou a delegada. Leonardo foi preso em 2012 por descumprir medidas protetivas a favor de outra ex-namorada.

A jovem atropelada sofreu fratura no quadril, além de escoriações. Com policiais, Leonardo foi a um riacho e mostrou onde jogou o revólver. Segundo a polícia, ele confessou e foi autuado em flagrante por tentativa de feminicídio e porte ilegal de arma de fogo. Foi transferido para o Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu.

 

Fonte: O Dia

Polícia Militar faz operações em vários pontos da cidade

PM está no Morro dos Prazeres e Fallet/Fogueteiro em Santa Teresa e no Morro da Covanca, em Jacarepaguá. Ainda não há informações sobre o motivo das ações

A Polícia Militar faz, desde o começo da manhã desta sexta-feira, operações em pontos diferentes da cidade. Ainda não há informações sobre o motivo das ações.

Os batalhões de Choque e de Ações com Cães (BAC) estão no Morro dos Prazeres, em Santa Teresa, na Região Central da cidade. Nesta quinta-feira, um turista italiano foi morto após entrar por engano na comunidade. Um outro turista, também da Itália, conseguiu escapar com ferimentos leves.

Também em Santa Teresa, deste vez na comunidade do Fallet/ Fogueteiro, o Batalhão de Operações Especiais (BOPE) faz uma ação. Segundo informações de moradores, houve um intenso confronto entre traficantes e policiais. Ainda não há notícias de prisões ou apreensões.

Já o 9º BPM (Rocha Miranda) faz, do outro lado da cidade, uma operação no Morro da Covanca, em Jacarepaguá, na Zona Oeste. O objetivo seria reprimir o tráfico de drogas daquela localidade.

A Polícia Militar informou que, ainda, não há balanço sobre as três operações.

 

Fonte: O Dia

Suspeito é morto em confronto com a polícia em São Gonçalo

Operação aconteceu após uma denúncia feita pelo Disque-Denúncia

Um homem foi morto durante confronto com a polícia na comunidade 39, no bairro de Jardim Catarina, em São Gonçalo. De acordo com a PM, o homem seria um traficante e foi identificado como Diego Alexandre Lopes da Cunha, conhecido como Gnomo. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu.

Arma, drogas e rádios transmissores apreendidos pela PMDivulgação

Além de Diego, um outro suspeito foi baleado, mas conseguiu escapar. O caso foi registrado na 74ª DP.

Durante a operação na comunidade foram apreendidas uma pistola, dois carregadores, quatro rádios transmissores, 38 pinos de cocaína, 56 tabletes de maconha, além de duas motocicletas apreendidas.

A operação aconteceu após uma denúncia feita pelo Disque-Denúncia. Quem quiser denunciar qualquer tipo de atividade criminosa através de seu aplicativo de denúncias, onde é possível anexar fotos e vídeos, disponível nas lojas virtuais Google Play e Apple Store ou através dos telefones 2253 1177 (capital) e 0300 253 1177 (interior) no custo de uma ligação local. O anonimato é garantido ao denunciante.

Fonte: O Dia