PM realiza parto dentro do batalhão

bebe-16

Por volta das 18h30 sesta sexta-feira (18/8) um veículo Fiat Prêmio, placa LHN 8615, conduzido por Edgar Moreira Filho, entrou no 16º BPM (Olaria), solicitando socorro, pois no interior do veículo estava sua vizinha, Luciana Borges Silva de 27 anos, moradora da Rua Santa Catarina, 18, casa, Penha, que estava entrando em trabalho de parto. Imediatamente ela foi atendida pelo Subtenente PM Jansen, que realizou o parto no interior do batalhão. Em seguida, foi acionada ambulância dos Bombeiros, mas uma viatura do batalhão que estava no interior da Unidade, conduziu a parturiente e o bebê do sexo masculino, que recebeu o nome de Talison, ao Hospital Geral de Bonsucesso, onde mãe e filho foram atendidos.

Fonte: PMERJ

Uma lição de parceria para melhorar a Segurança Pública

O Comandante-Geral da PMERJ, Coronel Wolney Dias Ferreira, recebeu na tarde desta sexta-feira (18/08) o Ministro do Esporte, Leonardo Picciani, acompanhado de representantes de entidades ligadas ao ciclismo ao triatlo no estado. O objetivo do encontro foi estabelecer parceria com a Polícia Militar para melhorar a segurança nas vias utilizadas pelos desportistas, especialmente na área do Parque Nacional da Tijuca. Estima-se que hoje cerca de 30 mil atletas praticam no estado essas duas modalidades esportivas.

Para o Coronel Dias, os participantes da reunião deram uma grande demonstração de maturidade e visão de segurança pública, pois se colocaram à disposição da Polícia Militar para auxiliar no que for preciso.

– A questão da segurança jamais será resolvida apenas pela polícia. É um desafio de toda a sociedade – disse o Comandante-Geral, ao ouvir de um dos participantes que “estamos aqui para ajudar quem nos protege”.

Durante o encontro, ficou acertada a realização ampla, possivelmente na próxima semana, para traçar um modelo de policiamento envolvendo todos os batalhões que cobrem as áreas que dão acesso ao Parque Nacional da Tijuca, além do Batalhão de Policiamento em áreas Turísticas (BPTur). O processo será conduzido pelo Chefe do Estado Maior Geral, Luiz Flávio Baracho de Souza.

Na verdade, já existe a parceria entre a PM e as entidades representativas das duas modalidades esportivas. Há inclusive uma comunicação direta, via whatsapp, entre os ciclistas e um grupo de comandantes, entre os quais o Tenente Coronel Marcus Vinícius Porto. Esse contato já resultou até em prisões de criminosos. Mas, a partir de agora, a parceria será melhor estruturada.

A melhoria do sistema de segurança na área do Parque Nacional da Tijuca e de vias de acesso, além de beneficiar todos os freqüentadores da maior floresta urbana do mundo, será importante para preparar o Rio de Janeiro, que, no ano que vem, sediará a Velocity/2018, o maior evento internacional de mobilidade urbana por bicicleta.

 

Fonte: PMERJ

Homem é morto a tiros em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense

Homem foi executado na Avenida Carlos Marques Rollo
Homem foi executado na Avenida Carlos Marques Rollo Foto: Reprodução / Google Street View

Um homem identificado como Verivelton Venâncio da Silva, de 30 anos, morreu após ser baleado no bairro Vila Norma, em Nova Iguaçu, Baixada Fluminense, na tarde desta sexta-feira. Não houve tempo para o socorro.

O crime ocorreu na Avenida Carlos Marques Rollo, próximo ao número 722, em frente a uma concessionária da Mercedes-Benz, área da 52ª DP (Nova Iguaçu).

Segundo a Polícia Militar, uma equipe do 20º BPM (Mesquita) foi acionada para esta ocorrência e, ao chegar ao local, os autores já haviam fugido. O grupo preservou a área até a chegada de agentes da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF), que vai investigar o caso.

Fonte: Extra

Bandidos que invadiram prédio no Centro do Rio estavam atrás de chinês que mora no local

Prédio invadido pelos bandidos
Prédio invadido pelos bandidos Foto: Pedro Teixeira

Os bandidos que invadiram um prédio na Rua Luís de Camões, no Centro do Rio, na noite dessa quinta-feira, estavam atrás de um chinês que mora no local e é dono de um comércio na região. Uma testemunha relatou ao EXTRA que os criminosos entraram no edifício com o objetivo de esperar o morador chegar, o que não aconteceu. Essa hipótese está sendo investigada pela Delegacia de Homicídios (DH) da capital. Na ação, o professor de Educação Física Marcelo Teles Barreto, de 44 anos, foi baleado por um dos assaltantes e morreu.

– Eles disseram que não fariam nada com a gente porque estavam atrás do chinês. Queriam o dinheiro dele – afirmou a testemunha.

Marcelo foi baleado na cabeça quando chegou no prédio. Os bandidos já estavam no local e faziam os moradores de refém, incluindo a mulher da vítima.

A polícia não acredita que Marcelo tenha tentado reagir, já que ele estava voltando do supermercado e chegou ao prédio com compras. A suspeita é de que ele tenha sido confundindo com um policial.

– Os bandidos estavam bem preocupados se havia algum policial morando aqui – relatou a testemunha.

Marcelo foi morto na ação dos bandidos
Marcelo foi morto na ação dos bandidos Foto: Reprodução

Um dos assaltantes rendeu o porteiro do prédio por volta das 18h dessa quinta-feira, quando um morador saía. O bandido enviou uma mensagem pelo celular e outros três comparsas chegaram. Eles mantiveram os moradores que chegavam e saíam do prédio num apartamento do quinto andar. Três criminosos ficaram do lado de fora do edifício dando cobertura aos comparsas. Após Marcelo ter sido baleado, o grupo fugiu.

Os assaltantes levaram cheques e dinheiro do apartamento no quinto andar onde os moradores e o porteiro foram feitos reféns. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios da capital.

No mês passado, criminosos assaltaram o apartamento de um casal de chineses, em Botafogo, na Zona Sul do Rio, e roubaram R$ 7 mil em espécie, além de celulares. Os bandidos deram coronhadas em ambos. Ferida, a mulher foi levada para um hospital, onde recebeu pontos na orelha.

 

Fonte: Extra

Ônibus é incendiado em Paciência, Zona Oeste do Rio

Ônibus foi incendiado em Paciência, Zona Oeste do Rio
Ônibus foi incendiado em Paciência, Zona Oeste do Rio Foto: Whatsapp Extra

Um ônibus da linha 840 (São Fernando x Campo Grande) foi incendiado na tarde desta sexta-feira na Estrada de Urucânia, próximo à estação de trens Tancredo Neves, em Paciência, Zona Oeste do Rio. Os bombeiros foram acionados e apagaram o fogo, que não deixou vítimas.

De acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Militar, policiais do 27° BPM (Santa Cruz) foram acionados e a ocorrência está em andamento. Ainda de acordo com a PM, o ônibus foi incendiado perto da comunidade do Antares.

Policiais do 27° BPM (Santa Cruz) foram até o local
Policiais do 27° BPM (Santa Cruz) foram até o local Foto: Whatsapp Extra

Em nota, a Fetranspor informou que as linhas do Consórcio Santa Cruz estão com a operação instável “devido à insegurança nas imediações de Antares”. Ainda segundo a empresa, “assim que forem restabelecidas as condições de segurança, as linhas retomarão o itinerário original”.

Este é o nono ônibus incendiado na região em menos de quatro meses e o quarto da mesma linha com menos de dois anos de uso. Os quatro ônibus da linha eram climatizados. Com este caso, o ano de 2017 já soma 77 incêndios criminosos de coletivos no Estado. O custo de reposição do setor é de R$ 54 milhões.

 

Fonte: Extra

Chefe de facção do Norte visitou favelas no Rio para negociar venda de armas e munição

Policiais escoltam Kaio Wellington Cardoso dos Santos, preso nesta sexta-feira
Policiais escoltam Kaio Wellington Cardoso dos Santos, preso nesta sexta-feira Foto: Fabiano Rocha / Agência O Globo

Kaio Wellington Cardoso dos Santos, chefe da principal facção criminosa da região Norte, que que foi preso, na manhã desta sexta-feira, em Rio das Ostras, na Região dos Lagos, estava no Rio de Janeiro para negociar armas, munição e drogas com o principal grupo criminoso local.

De acordo com o delegado Fabrício Oliveira, delegado titular da Delegacia Especializada em Armas, Munição e Explosivos (Desarme), visitou, de carro, o Jacarezinho, na Zona Norte do Rio, e outras duas comunidades controladas por essa facção do Rio.

A parceria foi feita porque a região Norte é uma das principais portas de entrada do país para armamentos e entorpecentes.

— A investigação está apenas no início. Acreidtamos que outras prisões vão ocorrer. A prisão do Kaio é um golpe duro nas duas facções — afirmou Fabrício.

Kaio estava com a namorada em um apartamento alugado, que fica em Costa Azul, bairro nobre da cidade. Dez policias cercaram o prédio, e uma equipe entrou para prendê-lo. O criminoso tentou pular o muro, mas foi detido por homens que faziam o cerco.

A investigação foi feita em parceria da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros do Amazonas (DEHS) e com o apoio da Força Nacional.

A Polícia Civil quer descobrir agora quem alugou o apartamento em que Kaio estava e quem era o motorista em seus deslocamentos pelo Rio de Janeiro.

 

Fonte: Extra